Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

Poetic Dreams

30.12.11
Poema de Natal (Vinicius de Morais)
Para isso fomos feitos.
Para lembrar e ser lembrados,
Para chorar e fazer chorar,
Para enterrar os nossos mortos -
Por isso temos braços longos para os adeuses,
Mãos para acolher o que foi dado,
Dedos para cavar a terra.
Assim será a nossa vida,
Uma tarde sempre a esquecer,
Uma estrela a se apagar na treva,
Um caminho entre dois túmulos -
Por isso precisamos velar,
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite a dormir em silêncio.
Não há muito que dizer:
Uma canção sobre o berço,
Um verso, talvez, de amor,
Uma prece por quem se vai -
Mas que essa hora não esqueça
E que por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre,
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte -
De repente, nunca mais esperaremos....
Hoje a noite é jovem; da noite apenas
Nascemos imensamente.

O Beijo da Meia-Noite (Raça da Noite #1) [Opinião]

29.12.11
Autor: Lara Adrian
Editora: Quinta Essência
Número de Páginas: 372

Sinopse
Gabrielle Maxwell, uma reconhecida artista de Boston, celebra o êxito da sua ultima exposição exclusiva. Entre a acalorada multidão, sente a presença de um sensual desconhecido que desperta nela as fantasias mais profundas. Mas nada relacionado com essa noite nem com esse homem é o que parece. À saída, Gabrielle presencia um homicídio e, a partir desse momento, a realidade converte-se em algo sombrio e mortífero, e ela entra num submundo que nunca soube que existia, habitado por vampiros urbanos.
Lucan Thorne é um vampiro, um guerreiro da Raça, que nasceu para proteger os seus - assim como os humanos que com eles coexistem - da crescente ameaça dos vampiros Renegados. Lucan não pode correr o risco de unir-se a uma humana, mas quando Gabrielle se converte no alvo dos seus inimigos, não tem escolha e é forçado a levá-la para esse outro mundo que lidera, no qual serão devorados por um desejo selvagem e insaciável.
Nos braços do formidável líder da Raça, Gabrielle irá enfrentar um extraordinário destino de perigo, de sedução e dos mais sombrios prazeres...

Opinião
Efectivamente fiquei presa a esta série... Finalmente chega-nos um livro que vai de encontro aos mais profundos mitos acerca das características desses seres misteriosos que habitam o nosso mundo da fantasia: os vampiros! Seres sedentos de sangue, sensíveis à luz do sol, seres maus e aterrorizantes.
A autora conjuga acção, amor, desejo, medo... Um misto de sentimentos que conduzem o leitor por recantos íntimos das personagens. Uma viagem, na minha opinião, irresistível que apenas faz com que as páginas sejam devoradas.  
A construção do enredo oferece-nos uma visão completa das personagens e do seu passado, das características dos vampiros tornando a estória atraente e cativante. Na minha opinião, as boa carcaterização das personagens e dos seus objectivos na trama constitui o grande ponto positivo deste lirvo. Em relação a aspectos negativos confesso que não consigo identificar nenhum.

(Des)construir imagens

26.12.11


Estamos a menos de uma semana da entrada de um novo ano. São muitos os sonhos, as esperanças, os desejos, as metas a serem alcançadas. São, também, várias as dificuldades que se irão atravessar no nosso caminho... Acima de tudo devemos unir as nossas forças de forma a realizarmos o máximo dos nossos sonhos, atingir o máximo de metas possíveis ultrapassando, com força e determinação, as dificuldades que nos vão impedindo de caminhar!

FELIZ ANO DE 2012?

Frases Marcantes

22.12.11
São os sonhos que arrumam a alma embora muitas pessoas crescidas pareçam tê-los todos no lugar, muito arrumado, como uma galeria de brinquedos antigo.
Eduardo Sá, Tudo o que o amor não é?

Poetic Dreams

16.12.11
Balada de Despedida do 6º Ano Médico 2010/2011 - Serenata Monumental Coimbra 2011

"Dor, que enche minha paixão
Receio, que esgota minha razão
Seguro, tenho o mundo
Fecho os olhos, foi um segundo

Solto a lágrima que me invade o coração
Prendo o sorriso que guia na escuridão
Adeus doce vida, chegou a perdição
Num amargo momento, mergulho na solidão

E te abraço na partida
Com a mágoa desmedida
Põe-se o sol, cerro meu olhar
Cai a noite em mim, só por te amar

Sonho, que encerra em agonia
Ferida, onde curei o que sentia
Livre, sigo o tempo
E te encontro no pensamento

Solto a lágrima que me invade o coração
Prendo o sorriso que me guia na escuridão
Adeus doce vida, chegou a perdição
Num amargo momento, mergulho na solidão

E te abraço na partida
Com a mágoa desmedida
Põe-se o sol, cerro meu olhar
Cai a noite em mim, só por te amar

E te abraço na partida
Com a mágoa desmedida
Põe-se o sol, cerro meu olhar
Cai a noite em mim, vou guardar

A saudade, saudade...
A saudade, guardo em mim...
Saudade."

Francisco Requicha

Frases Marcantes

14.12.11
"O esquecimento é a arma mais letal do amor, quem nos esquece é como se esquecesse de tudo o que fomos ou pior: que existimos."
Margarida Rebelo Pinto, Alma de Pássaro?

Beijo encantado

13.12.11
Meu coração estava gelado…
O frio emocional transformou-o.
Insensível, duro, acorrentado…
Preso à solidão e à dor da rejeição.
Eis que chegaste tu…
Como o sussurro forte do vento
Numa fria noite de Inverno
Para o libertar daquele tormento.
Com um beijo cheio de encanto
Derretestes as algemas que o aprisionavam.
Das entranhas sombrias do meu ser
O amor emergiu, colorindo as sombras
Destruindo o gelo…
O impossível tornou-se possível
E o coração, agora quente, voltou a sorrir!
O amor emergiu do fundo gelado e sombrio…
A alma elevou-se… O coração desabrochou…

(Silvana, Outubro de 2001)

Pág. 1/2