Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

30 dias 30 músicas | Dia 30

30.09.14
Dia 30: A tua canção favorita do ano passado


Get Lucky
Daft Punk



E chegou ao fim este desafio que me deu muito prazer em fazer. Infelizmente muitas das músicas que eu gosto e que me acompanham ficaram por partilhar com vocês. Espero que tenham gostado das minhas escolhas. Sei que muitas são pouco ouvidas, mas eu tenho um gosto particular. 


Monday Madness #4

29.09.14

1. Hoje começou como uma manhã normal de Segunda-feira, até que...
... uma fada de tons brilhantes se materializa à minha frente. É uma fada vestida de branco e com asas translucidas e repletas de pequenos diamantes brancos. Estava perdida! Vinda do mundo dos sonhos, do sonho de uma criança que estava em perigo e que ela todas as noites visitava para lhe dar algum conforto e mostrar-lhe pequenos momentos de felicidade. Queria saber como voltar para lá, tinha um sonho para ajudar a terminar, caso contrário o dia dessa criança seria terrível. Peço-lhe para se focar na criança e me contar aquilo que ela mais gosta nela. E então, os olhos cinzentos da fada começam a brilhar no mesmo momento em que ela perde no amor que sente pela aquela criança e quando menos espera, desvanecesse no céu deixando um pouco de pó das estrelas para trás. E então eu acordo!! Era apenas um sonho onde um fada apareceu para iluminar os pesadelos das últimas noites.


2. Como é que descreves uma pessoa que tem tudo o que alguém alguma vez poderia desejar?
Simplesmente não descrevo!! Somos pessoas insatisfeitas, por isso por mais perfeitas que fossemos iria faltar sempre alguma coisa.


3. Houve um acidente terrível. Acordas numa cama de hospital, sozinha e com nada à tua volta - nada de postais, flores, nada que diga o porquê de estares no hospital - excepto um espelho. Atrever-te-ias a olhar-te no espelho?
Sim, queria ver-me ao espelho. Queria ver o estado em que fiquei, nomeadamente ver o grau do estrago. 

4. Um dia acordas num colete de forças, a ser levada para um asilo. Como é que provas a tua sanidade? O que é que os guardas e os psiquiatras dizem que tu fizeste?
Acabava de terminar o meu ritual espiritual quando entram pela sala a dentro. Colocaram-me um colete e acusaram-me de andar a influência e dominar pessoas para entrar numa comunidade espiritual com regras pouco legais. Baseiam-se em testemunhos de vizinhos e elementos dessa própria comunidade. Procuro explicar aos psiquiatras e aos guardar que apenas estava a fazer meditação e que a meditação é o meu ritual espiritual diário. Exijo-lhes um interrogatório completo para se aperceberem que eu não fazia a mínima a ideia do que estavam a falar. Quando fico presa na sala de interrogatório e olhos para os documentos vejo a fotografia da pessoa que procuram. Para grande azar meu é uma sósia. Bem, vai ser difícil provar a minha sanidade mental, mas não vou desistir. 

5. O que é que adoras ou detestas acerca de cozinhar?
Eu gosto muito de cozinhar e gosto da liberdade criativa que a cozinha nos oferece. Gosto de fazer de tudo, mas tenho uma queda especial para doces e sobremesas. Sou muito organizada a cozinhar e irrita-me quando estou numa cozinha onde as pessoas não são assim tão organizadas. Eu vou lavando e arrumando a loiça à medida que vou usando, e faço o mesmo com os utensílios. Assim, no final, posso desfrutar da minha refeição de modo sossegado, sem me preocupar com a pilha de coisas que tenho para arrumar.

30 dias 30 músicas | Dia 29

29.09.14
Dia 29: Uma música da tua adolescência


My Immortal
Evanescense

Lembro-me de muito pouco da minha adolescência. Por muito estranho que possa parecer são poucas as recordações... Não foi um período muito fácil daí ter retido pouco. Esta foi daquelas músicas que me ficou no ouvido e ainda hoje, muito de vez enquanto gosto de ouvir. 


Maratonas Viagens (In)Esperadas (9) | Desafios 3, 4, 5 e 6

27.09.14

[Desafio 3] Castanho
Esta cor tem como um dos significados a paciência e maturidade. Achas que a tua relação com calhamaços tem sido diferente ao longo dos anos? Tens mais ou menos paciência agora para os ler?

É claro que à medida que o nível de leitura foi aumentando senti que tinha mais facilidade em ler livros com mais páginas. Por isso, a minha relação com calhamaços foi diferente ao longo dos anos. Só quando o meu nível de leitura aumentou e o meu nível de compreensão daquilo que lia se intensificou é que me comecei a virar para livros com mais páginas.
Eu sou muito paciente... Aliás sou a paciência em pessoa, por isso não posso dizer que já tive mais ou menos... Sempre me senti com disponibilidade e paciência para ler livros grandes a partir do momento em que meu desenvolvimento intelectual o permitiu.


[Desafio 4] Cinzento
Cinzento é a cor da modernidade e da Inovação.
Pensa nos livros que leste, ou estás a ler para a maratona, há algum que consideres ser inovador? Em que é que achas que o autor inovou?

Ainda continuo com a leitura do livro "Sepulcro" de Kate Moss e sim , a autora é inovadora na forma como está a contar toda a história. Ainda bem que voltei a dar uma nova oportunidade a este livro. Kate Moss conjuga mistério e relações familiares de uma forma engenhosa... Como elemento inovador temos o facto de muitos aspectos do livro estarem relacionados com um baralho de tarot e um sepulcro. Ainda não posso adiantar muito mais, porque ainda não desvendei o mistério, mas estou curiosa para ver qual a ligação entre tudo isto.


[Desafio 5] Vermelho
É a cor do fogo e da paixão, do entusiasmo e dos impulsos.
Nos livros que leste ou estás a ler para a maratona há alguma personagens que encaixe na simbologia desta cor? Qual é essa personagem?

Eu continuo a ler o Sepulcro e neste livro, a personagem que encaixa mais ou menos na simbologia desta cor é a Leonie Vernier. Leoni é uma jovem de 17 anos curiosa e que gosta de desvendar mistérios. Este livro esta relacionado com um baralho de tarot especial e ela representa a carta 8 - A força.


Elementos do Outono é a segunda etapa dos desafios desta maratona e que vou iniciar agora. Esperamos que gostem.
[Desafio 6] Folhas caídas
No outono as folhas abandonam o sossego e a protecção das árvores. Em sucessivas quedas, pintam o chão com as mais variadas cores, ao mesmo tempo que imprimem no ar uma sonoridade tão característica no momento em que passamos por cima delas e as fazemos estalar. É bom caminhar sobre as folhas e ver o vento brincar com elas…
Qual o livro que de bom grado lhe arrancarias umas folhas?


Ao Anoitecer de Susan Minot foi dos piores livros que já li na vida. É aborrecido, com uma escrita confusa e uma ideia mal aproveitada por parte da autora. Por isso, seria de bom grado que lhe arrancaria algumas folhas, reescrevia a história introduzindo novas folhas.

TAG | Livros que falam de livros

27.09.14
Esta tag foi-me passada pela Cata (na altura ainda tinha o blog Páginas Encadernadas) e estava aqui guardada à espera de ser respondida.

Esta TAG foi originalmente criada pela Jojo do blog e canal Os devaneios da Jojo.

Consiste no seguinte:

1. Enumerar 6 livros favoritos que falam de livros

Estarás aí?

Neste livro, são feitas referências a livros que as personagens estão a ler em determinado momento da sua vida.

A Rapariga Que Roubava Livros

No livro A rapariga que roubava livros, há uma menina que se apaixona pelos livros.

As Serviçais

Neste livro, uma das personagens está a escrever um livro sobre a situação das empregadas negra da sociedade.
O Grande Amor da Minha Vida (O Cavaleiro de Bronze, #1)

Há aqui um livro que vai desempenhar um papel importante na história. Assim como falam de livros, quando foi necessário evacuá-los da biblioteca.


Uma vez na vida traz-nos a história de vida de uma escritora. Por isso, ao longo do livro são nos apresentados os livros que ele escreveu e o processo de escrita.

O Jardim dos Segredos

Eliza Makepeace, personagem deste livro, é uma escritora de contos de fadas. E esses contos de fadas fazem parte do livro.

2. Escolher um livro que fale de livros e que queres ler
 A Bibliotecária de Auschwitz

Top M & S - Recordações de Infância e/ou Adolescência

25.09.14


Aqui o mais recente projecto que eu e a Marta do blog I only have arquitectamos. A ideia inicial foi da Marta e que depois me lançou o convite e eu aceitei.

Em que é que consiste este pequeno projecto? Bem, o que é pretendido é fazer um Top 10 ou Top 5 de um determinado tema. Consoante o tema que seja escolhido logo decidimos se fazemos 10 ou 5 escolhas. Será uma rubrica mensal e irá no dia 25 de cada mês.

Para iniciarmos o projecto escolhemos como tema Recordações de infância e/ou adolescência. Ficou acordado que seria um Top 10 porque temos muito por onde escolher. 

Caso queiram dar ideias para futuros tops, tanto eu como a Marta estamos receptivas a sugestões dos nossos leitores. Esperamos que gostem!!!

Top 10 - Recordações de infância e /ou adolescência

Anita

Os livros da Anita são das melhores recordações de infância que tenho. Infelizmente só tenho dois livros na minha estante e foram um presente que recebi há quase 20 anos. Os livros foram-me oferecidos quando fiz 7 anos e ainda fazem parte da minha estante. Quem sabe se um dia tiver uma filha não me dedica a completar a colecção.

Tamagotchi


Estes foram sem dúvida uma verdadeira febre durante a minha infância. Já não me lembro como era o meu, nem o tenho cá por casa, mas era algo que preenchia os nossos dias, porque era preciso tomar conta deles.

Walkman

MP3, iPod??? O que era isso? Pois na minha infância/adolescência esta era a nossa forma de ouvir música. O da imagem era para cassetes e mais tarde surgiu um para CDs. Eu só tive mesmo um de cassetes.

Navegantes da Lua

Eu era uma enorme consumidora de desenhos animados. As Navegantes da Lua são um entre muitos dos desenhos animados que preenchiam as manhãs de sábado e domingo. 

Casper
O Casper marca o meu início com a leitura de Banda Desenhada. Ofereceram-me dois livro que eu gostei muito e que ainda hoje fazem parte da minha estante. Curiosamente, nunca mais li banda desenhada. 

Póvoa do Varzim

Todas as minhas memórias de infância e adolescência estão centradas na Póvoa do Varzim. Um aspecto curioso, é que foi nesta cidade que fiquei a saber que tinha entrado na Universidade.

Spice Girls

Ainda hoje gosto de ouvir Spice Girls!! São uma marca no mundo da música mundial e marcaram toda uma geração.

Nokia 3310

Este era o telemóvel que povoada os recreios das escolas em finais da década de 90 inícios do novo milénio. Não foi o meu primeiro telemóvel... Aliás eu só tive telemóvel aos 17 anos, muito depois deste telemóvel ter chegado ao mundo. Porém sempre que vejo imagens dele sou transportada para essa época, porque era frequente eu jogar o famoso jogo da cobra no telemóvel das minhas colegas da escola.

Camélias

Uma das minhas flores preferias!! Traz-me boas recordações de infância e adolescência porque foi debaixo da sua árvore que brinquei muitas vezes ou onde me senti muitas vezes à sombra. Ainda existe esta árvore aqui é enorme e linda e preenche muitas das minhas memórias.

Série Uma aventura


Esta é a colecção de livros da minha pré-adolescência. Li alguns e sempre que os vejo trazem-me boas lembranças dos momentos passados a ler.

Pág. 1/7