Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás da tela | Fixing Luka (2011)


Classificação: 8/10 estrelas

Fixing Luka é uma curta metragem que nos dá a conhecer a relação de uma menina com o seu irmão autista. 
Ao longo da pelicula, assistimos a forma como Lucy olha para os comportamentos característicos do irmão e de como a isso a deixa triste e frustrada. Perante tais sentimentos, e assistindo a uma situação especial com o seu irmão, ela foge de casa  e acaba por encontrar, num casebre, aquilo que pensa ser a solução para a mudança do seu irmão.

É muito enternecedor assistir à relação entre as duas crianças e, num momento mais final com mãe. Penso que passa uma mensagem muito importante acerca do autismo e quanto estas crianças/pessoas são especiais. Sentimentos de impotência, de frustração, de alguma tristeza estão muito bem apresentados neste pequeno filme e passam uma mensagem realista e que permite uma fácil identificação com todos os personagens. 

A metáfora das chaves e da nossa mente está fenomenal. Muito bem conseguida.

Opinião | "Soberba Ilusão" de Andreia Ferreira (Trilogia Soberba #3)

Soberba Ilusão (Trilogia Soberba, #3)
Classificação: 2 Estrelas

Soberba ilusão não é um livro que se encaixe nos meus gostos literários. Li os dois primeiros, mas muito pouco me ficou das personagens e da narrativa, o que tornou difícil esta leitura. Gostava de dar mais, mas a minha falta de simpatia para com a estória não me permite. 

Para quem gosta mais do género ligado à fantasia, aos anjos e vampiros penso que esta trilogia será uma excelente aposta. Posso dizer que, esta trilogia, termina num livro estruturalmente melhor que os seus antecessores, nota-se uma preocupação da autora em criar um fio condutor perceptível e pautado por momentos que prendem o leitor. 
É um livro bem escrito, bem estruturado e que dá um final muito bom a esta série. Apesar de tudo eu gostei muito do final. Terminou de uma forma interessante e que nos faz pensar sobre a vida das personagens após certos acontecimentos.

Contudo, não consegui criar muitas ligações com o livro, mas não se deixem levar totalmente pela minha opinião. E, se gostam de fantasia, apostem nos livros e, acima de tudo, apoiem a literatura nacional e os talentos que vão surgindo. Quem me segue, já vai conhecendo um bocadinho os meus gostos e sabe que este tipo de livros não se encaixa nas minhas preferências de leitura. 

Acreditem que é muito difícil escrever que não gostamos de um livro que nos foi oferecido pela própria autora e que conhecemos pessoalmente. 
Foi um livro que me foi entregue em mãos pela Andreia (a quem agradeço a oferta, mais uma vez). Depois deste encontro, já me voltei a encontrar com ela e tivemos uma conversa agradável. A Andreia é esforçada, curiosa e, quando não sabe procura informar-se e dar o melhor que pode ao seu trabalho. Por tudo isto, é muito complicado não classificar melhor o livro. Se fosse pela escritora trabalhadora e empenhada que conheci, merecia mais. Acho que a Andreia já estava um bocadinho à espera, mas como já lhe disse, conhecendo um trabalho dela que é posterior a esta trilogia e que achei com uma narrativa bem mais interessante, não consigo dar uma classificação maior a este. 

Acima de tudo, desejo imenso sucesso à Andreia e espero que ela saía mais da sua "zona de conforto" (livros deste género) e nos mostre a versatilidade na construção de novas narrativas. 

Opinião | "Para sempre não é muito tempo" de Carolina Pascoal

Para Sempre não é muito tempo
Classificação: 1 Estrela

Para mim, está será uma das opiniões mais difíceis de escrever porque me deparei com um livro de um nível bastante inferior ao que estou acostumada. Torna-se ainda mais difícil porque é o primeiro livro da escritora e não deve ser nada agradável assistirmos a um impacto negativo nos leitores logo ao primeiro livro.

Começo por apontar dois aspetos que gostei: a capa e a cidade onde se desenvolver a narrativa. Relativamente à capa, acho que está bem conseguida e é apelativa. Coimbra é a cidade que serve como pano de fundo à maioria dos acontecimentos desta estória. É uma cidade que eu conheço muito bem e pela qual tenho um carinho enorme. Por tudo isto, foi muito bom revisitar alguns cantos da cidade que nunca morre no coração de por quem lá passou.

Os problemas deste livro são vários, infelizmente, passo a enumerá-los:
  1. O desenvolvimento da narrativa - da minha perspetiva a estória que nos é narrada é extremamente pobre, cheia de expressões clichés e com pinceladas de psicologia que não dignificam a formação que a autora teve (falo por conhecimento de causa). Não interessa ao leitor os chavões da psicologia, nem as metáforas, nem as reflexões que devem ser circunscritas a um contexto de terapia. Seria muito mais interessante usar os conhecimentos de psicologia para fazer crescer a narrativa em acontecimentos, mostrar-nos personagens com pensamentos e comportamentos complexos... No fundo aplicar o conhecimento e não transmiti-lo.
  2. Os personagens - todos eles muito pobres, demasiado artificiais e nada reais aos meus olhos. Não me identifiquei com nenhuma personagem. Demasiada futilidade em algumas, comportamentos improváveis, uma caracterização medíocre e demasiada infantilidade em pessoas de quem já se exigia alguma maturidade dado o contexto socioeconómico em que se encontravam. Precisavam de estar à altura. 
  3. Diálogos - muito, muito pobres. Somos confrontados com a ausência de descrições coerentes das expressões das personagens e dos seus comportamentos. As conversas de Leonor com a prima do Porto fizeram-me revirar os olhos devido ao discurso estupidificado e sem nexo algum. Uma partilha de psicologia barata que em nada abona à nossa perceção da narrativa. 
  4. O início e o fim do livro - o início pareceu um daqueles chavões de cinema que em nada ajudam no estabelecimento da relação entre os leitores e as personagens que habitam aquelas páginas. Eu precisava que a escritora me apresentasse sentimentos, que colocasse a nu o interior de um homem que já não sabia como viver. E o fim, para mim, foi o pior que a autora poderia ter escolhido. Penso que não revela crescimento das personagens, não nos traz nada de novo e, simplesmente, é aquilo que logo no início achamos que vai acontecer, ou seja, é tudo demasiado previsível.   
Quero, com esta opinião, possibilitar à escritora uma reflexão sobre este seu primeiro trabalho. Talvez não fosse má ideia entregar o manuscrito, antes de publicá-lo, a um ou dois leitores-beta. Se é algo que pretende fazer ao longo da sua vida, acho que se deve ler vários livros, de géneros diferentes e absorver a mecânica da escrita e da construção da narrativa. Tornar-se mais observadora daquilo que a rodeia e não cair na tentação de nos contar uma estória e sim de nos mostrar as personagens, de nos mostrar os seus comportamentos, sentimentos, dilemas. Contar é diferente de mostrar e aquilo que nos cativa enquanto leitores é quando o escritor nos mostra o que está para além das palavras imprimidas naquelas páginas.

Nota: Este livro foi-me cedido pela editora em troca de uma opinião honesta.

Por detrás da tela | Mulher Infiel (2015)

Resultado de imagem para mulher infiel filme imdb
Classificação: 3/10 Estrelas

Há umas semanas atrás apanhei este filme na TV. Estava a passar na SIC e o início interessou-me. Infelizmente, foi só mesmo o início. O desenvolvimento do filme é muito pobre, as interpretações deixam muito a desejar e dei por mim a revirar os olhos perante algumas cenas.

Basicamente, este filme dá-nos a conhecer uma mulher insatisfeita com o seu casamento que cede aos avanços de um sedutor barato e que esconde "fantasmas" de um passado. Estes fantasmas do passado também não foram muito claros.

Pessoalmente, penso que a temática e os assuntos que servem de base ao filme foram muito mal explorados e aproveitados. Porém, penso que se o rumo tomado na abordagem da estória fosse outro (e talvez com outros atores) poderíamos ter aqui um bom filme de suspense. 

Opinião | "Perfeito para mim" de Jill Shalvis (Ceder Ridge #2)

Perfeito Para Mim (Cedar Ridge, #2)
Classificação: 3 Estrelas

Perfeito para mim é aquilo que eu chamo uma leitura de conforto. É leve, carinhoso, que apela ao nosso coração e nos faz sonhar com amores especiais. 
Apesar de ser o segundo livro de uma série e de eu não ter lido o anterior, posso dizer que dá para ler e entender tudo na perfeição. Assim, para quem não leu o anterior e quer apostar neste, podem fazê-lo pois vão conseguir compreender cada pedacinho da narrativa.

Neste livro conhecemos Hud e Bailey. Gostei muito dos dois apesar de achar que eles mereciam um pouco mais de romance. Começa tudo de uma forma muito física e com uma exploração muito superficial dos sentimentos que habitam no coração destes dois. Com o avançar da narrativa dá para perceber que eles estão lá, mas não são expressos nem nas suas interações nem através das palavras do narrador. 
Este aspeto leva-me a outro ponto do qual senti falta: a necessidade de termos mais interações sociais entre Hud e Bailey para conseguirmos ver os dois para além da sua ligação sexual. 

Adorei as descrições da estância de ski e da família de Hud. O toque de humor que todos os irmão imprimem à narrativa é sensacional e oferece-nos uma boa dose de bem estar. 
Bailey vai para a estância para pintar um mural... Digo-vos dadas as descrições só queria era uma imagem daquele mural. Pela minha imaginação deve ter ficado magnífico. 

A todos aqueles e aquelas que gostam de um romance bem cor-de-rosa, cheio de erotismo, com pinceladas de humor e drama este poderá ser um livro ideal para vocês.

Nota: Este livro foi-me cedido pela editora em troca de uma opinião honesta.


Por detrás da tela | Piper (2016)

Resultado de imagem para piper
Classificação: 10/10 Estrelas

Eu adoro ver curtas metragens de animação. Então, quando vi a publicidade desta tive logo que ir ver e foi uma excelente aposta.

Piper conta-nos a estória de um pequeno pássaro que tem de lutar contra algumas adversidades para conseguir alimentar-se.
É muito interessante assistir à persistência deste pequeno pássaro. 
Penso que a mensagem que está implícita em toda a narrativa é um excelente ponto de partida para reflexões e discussões em grupos de pessoas. Penso que também será um excelente filme para mostrarmos às crianças.

Quem chegou? | Março

Mais um mês que terminou e é chegada a altura de fazer um balanço dos livros novos que chegaram.

Este mês foi mais contido e não foram muitas as chegadas, mas elas cá ficam.

Ofertas Editoras
Apenas um Desejo  Para Sempre não é muito tempo

Tenho de agradecer às editoras as ofertas. O primeiro livro já está lido e foi dos livros mais bonitos que já li este ano. O segundo é uma leitura em andamento e não está a ser assim muito agradável.

Biblioteca
Mil Sóis Resplandecentes

Um livro que já há muito tempo que quero ler. Leio coisas tão boas acerca dele que a minha curiosidade é imensa. Espero que corresponda às minhas expetativas.

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reading Challenge

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Silvana (Por detrás das Palavras) has read 0 books toward her goal of 30 books.
hide

Palavra do momento

Por detrás das Palavras

O Clube Mefisto

goodreads.com

Mais visitados

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub