Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Empréstimo Surpresa | Empréstimo Surpresa [Desafio]

emprestimo 2.jpg

Desafio para o livro “O Assassino do Crucifixo”, de Chris Carter

 Assassinos

Os policiais permitem-nos descobrir assassinos diversificados, uns mais surpreendentes que outros.
De forma geral e sem recorrer a spoilers, o que achaste do assassino que encontraste neste livro.
Foste surpreendida ou a tua veia de detetive encontrou o culpado?

Lembras-te de outros livros cujos assassinos sejam realmente surpreendentes?

****

Eu sou péssima a lembrar-me dos assassinos. Aliás sou capaz de me lembrar dos contornos da história e não me recordar do responsável. Por isso, esta lista que aqui vou apresentar pode ser um pouco enviesada. 

"Messias" de Boris Staling: Este foi dos primeiros policiais que li e um dos melhores livros dentro do género. Com descrições muito gráficas e uma linha narrativa muito interessante, fiquei agarrada ao livro do início ao fim.

"O homem de giz" de C. J. Tudor: Este livro foi uma leitura recente. A pessoa responsável pelos crimes, quando foi revelada, causou-me alguma surpresa. Não só por ser quem era, como pelas suas motivações.

"Perto de casa" de Cara Hunter: Aqui a surpresa ultrapassa a pessoa criminosa. Cenas de crime bem construídas e o final foi de me dar cabo dos nervos. Não estava à espera daquele desfecho e estou na expetativa do momento em que estas personagens voltarão a ganhar protagonismo.

"Até que sejas minha" de Samantha Hayes: A pessoa criminosa deste livro é tão óbvia que foi fácil esquecer-me dela ao longo da leitura. O que vai permanecendo enquanto se avança pelas páginas é a intensidade dos acontecimentos e a tensão que se vai acumulando.

livros1.jpg

52 perguntas | 6 # o poder da música

fairy-tale-1180921_1920.png

(Imagem retirada daqui)

A música preenche um cenário. Inspira as palavras que escorrem dos meus dedos. Uma melodia forte, com um ritmo rápido empurra para uma batalha, uma cena de ação. Mas há acordes doces, que embrulham as palavras em emoções. A música é uma conexão entre o sujeito e o mundo para o qual é atirado. A música desperta estados emocionais, tem o poder de te animar. Com ela podes chorar de tristeza ou de alegria. 

A música ilustra os dias, marca memórias. É ouvires aqueles acordes iniciais e a tua memória viajar a um determinado local, com determinadas pessoas, com determinadas cores e sabores.

Da música partem sons, que te conduzem a palavras, memórias ou imagens. E, ao longo da vida, permite-nos construir uma banda sonora pessoal que ajuda a eternizar acontecimentos, pessoas e locais. 

O poder da música é inesgotável. Cabe a cada um de nós eternizá-la e dar-lhe o devido poder na nossa vida. 

 

Opinião | "O assassino do crucifixo" de Chris Carter (Robert Hunter #1)

P_20210109_152205 (1).jpg

Os livros de Chris Carter são escritos de forma uma forma que eu apelido de inteligente. São narrativas extremamente bem construídas, com uma sequência de acontecimentos bem encadeados e que revelam um enredo complexo e extremamente viciante.
Sim, eu vicio nestes livros logo nos primeiros capítulos! Há ali uma escrita que é especial. Traz imagens muito vívidas e concretas dos acontecimentos e isto permite-me uma experiência de leitura muito gráfica.

Estes são denominadores comuns a todas as obras que li deste escritor. Eu não li esta série pela ordem de publicação. Comecei no quarto. São livros que podem ser lidos de forma independente, mas a leitura pela ordem de publicação permite-te um conhecimento mais gradual das personagens residentes. Pessoalmente, o facto de conhecer o Robert Hunter de obras posteriores fez-me olhar para o seu desempenho neste livro de uma forma mais reticente. 

"O assassino do crucifixo" traz-nos um assassino perfeito. Comete os seus crimes sem deixar uma única pista útil aos investigadores. Como te disse atrás, o escritor tem um talento especial para complexificar as situações. Neste livro, a complexidade revela-se nos pormenores inerentes à investigação, na construção dos crimes e na pessoa responsável por semear aquele terror. Foi engraçado que, ao contrário do que senti noutros livros da série, neste eu estava particularmente ansiosa por saber quem era a pessoa que andava por ali a espalhar o terror e qual as suas motivações. Nos outros livros da série, estava mais curiosa em saber qual o próximo passo do(a) criminoso(a) do que propriamente saber quem foi responsável pelos crimes. 

Quando a pessoa responsável pelos crimes foi revelada eu senti-me ligeiramente defraudada. O Robert Hunter que eu conheço de outros livros não teria sido tão ingénuo. O problema é que não te consigo explicar melhor porque não quero dar-te nenhum spoiler e estragar-te a leitura. 
Provavelmente, quem já leu deve conseguir perceber o que é que eu quero dizer. Acho que ele foi um atentado à inteligência deste homem. 

Apesar deste pequeno incidente, o livro merece ser lido. Tenho a certeza de que os fãs do género deliram com este livro e os menos fãs encontram aqui uma história que os possa tornar fãs. Porém, acho que o livro só poderá ser um pouquinho problemático para pessoas mais sensíveis. As descrições deste livro, por vezes, obrigam a pausar a leitura para recuperar a orientação.

Gostas de policiais? O que é que achas dos livros desta série e deste em particular?

Classificação

Janeiro | Quem chegou?

Depois de um dezembro calmo, janeiro trouxe-me mais livros. 
Quais foram as obras que cá chegaram no primeiro mês de 2021? Continua a ler e ficará a conhecê-las. 

TROCA
Comecei o ano por fazer uma troca que me deixou muito feliz. Através do Instagram troquei o livro "Elementos secretos" pelo "A Educação de Eleanor" de Gail Honeyman. Estou muito curiosa por conhecer esta história.

42979574._SY475_.jpg

EMPRÉSTIMO
Foi a minha vez de receber mais um livro da Daniela, para o nosso empréstimo surpresa. Desta vez ela enviou-me o livro "O assassino do crucifixo" de Chris Carter. O livro já foi lido e já regressou à sua casa. Ainda esta semana publicarei a opinião. 

29537511._SY475_.jpg

COMPRA
Eu tenho um problema com os leilões de livros. Geralmente, quando licito um livro, acabo por consegui-lo. Foi assim com o livro "Tempo de partir" de Jodi Picoult. O livro estava com um preço de base simpático, é uma escritora que eu gosto muito e, como não me tinha oferecido nenhum livro no Natal, foi a prenda de mim para mim. 

25261648.jpg

PRESENTE
A Daniela também me enviou um livro de presente. Assim chegou cá a casa "A tua segunda vida começa quando perceber que não terás outra" de Raphaëlle Giordano.

34701129.jpg

Que livros chegaram a tua casa em janeiro?

52 perguntas | 5 # os teus pais

family-155562_1280.png(Pixbay)

Ser pai... Ser mãe

Os braços carregam
O amor que vive fora do coração.
São braços largos,
Com encaixe perfeito
Quando a alegria domina.
São braços largos,
Sem fundo, sem tempo
Para afogarem as dores de cada lágrima vertida. 

Sobrará sempre tempo,
Sobrará sempre espaço,
Num colo sem idade.
Um colo que não deverá conhecer
A dor de ficar vazio. 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub