Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

21 de Março - Dia Internacional da poesia

21.03.12
Da caneta deslizam sentimentos
Pelas palavras, o poeta,
Ilustra o seu inconsciente.
Tristeza, saudade, amor, alegria
Surgem (des)ordenados
Na folha que abriga 
Os corações maltratados
As horas de fantasia
Outrora esquecidas.

Das palavras intensas,
Das frases incandescentes,
Nasce a o obra prima.
Versos alinhados,
Sentimentos desnudados,
Poema que nasce
Dos dedos de alguém sensível.

Esta é a minha forma de homenagear uma forma de escrita difícil e carregada de sentimentos. O poeta, fingidor como Fernando Pessoa o descreveu, dá asas à sua imaginação e visita os lugares mais profundos do seu ser. Desta busca, nascem palavras que nos tocam os sentimentos, nos deslumbram e, muitas vezes, descodificam aquilo que a nossa alma abriga. Os poemas são como um bilhete de identidade do mundo, das pessoas...

4 comentários

Comentar post