Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

14
Abr21

Inquietações # 5 | O papel do(a) leitor(a) na divulgação de livros de má qualidade

Inquietação literária # 1 (5).jpg

O interesse pelos(as) escritores(as) portugueses(as) tem aumentado. É bom ver os(as) leitores(as) a ler obras nacionais, a interessar-se pelos nossos(as) escritores(as) e apostar na sua divulgação. Porém, o que me inquieta é, por vezes, a ausência de critério nestas divulgações. Por vezes, tenho a sensação de que são todos bons livros, com excelentes histórias e que merecem ser lidos. O problema surge depois, quando afinal a obra não corresponde à expetativa que estas opiniões positivas criaram em mim.

Este comportamento de apoio incondicional e de leitura sem espírito crítico pode ser perigoso. Podes argumentar e dizer-me que a leitura é um processo subjetivo. E eu concordo com isso! Mas há elementos que ultrapassam os limites da subjetividade.

Para mim, a subjetividade aplica-se à minha relação com o conteúdo da narrativa. Eu posso gostar mais ou menos dos acontecimentos do livro, comparativamente a outro leitor. Contudo, a escrita, a existência de incongruências e os erros ultrapassam a subjetividade e, na minha opinião, fazem parte de um universo bem objetivo e claro. Como é que eu posso tecer um comentário positivo a um livro que está mal escrito e com graves problemas na estrutura narrativa? Eu não consigo!! Por isso, nas minhas opiniões gosto de fazer esta divisão na análise aos livros que leio. Gosto de especificar o que de facto me agradou e não me agradou no livro.

Por isso, não tenho receio de escrever opiniões negativas. Quando essa opinião resulta de um convite de um(a) escritor(a) para ler, eu tenho o cuidado de escrever um e-mail pessoal a expor a minha opinião detalhada e apresentar soluções para aquilo que acho que não está a funcionar tão bem. No entanto, quer seja um livro lido a pedido de um(a) escritor(a) ou uma leitura que resulte da minha escolha, procuro sempre fundamentar a minha opinião o melhor que consiga.

Sinto que falta um pouco de espírito crítico a esta comunidade e acho que isso não ajuda os(as) escritores(as).

Gostaria de refletir com vocês relativamente a estas questões:

O que retiras da leitura de um livro? Que tipo de análise fazes?

Tens medo de escrever uma opinião negativa?

2 comentários

Comentar post