Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

03
Jul14

Junho | Lugares (Des) Encantados


Devido à ausência de leituras já não fazia está rubrica desde Março. Desde já peço desculpa aos meus leitores, mas surgiram outras prioridades e as leituras passaram para segundo plano.

A sede de leitura era tanta, que em Junho andei por 12 lugares diferentes. Convido-vos a um resumo pelas viagens que fiz.

Decidi entrar em Junho passeando por Sevenwaters e saber mais um bocadinho do que era feito da família de Sorcha (A Filha da Profecia - Juliet Marillier). Este livro era dedicado a uma neta de Sorcha, Fainne que bem poderia ter escrito cartas apaixonadas ao seu Darragh. De certeza que seriam cartas apaixonadas, mas as escritas por Ellie e Nolan continham uma certa inocência e estavam cheias de coisas por dizer, coisas que o tempo ainda não permitia que fossem ditas (Cartas da Nossa Paixão - Karen Kingsbury). A percepção do tempo difere consoante nos nossos sentimentos e estamos sempre a procurar o porquê das coisas, quando simplesmente muitas vezes nos apetece responder "porque sim" (Porque Sim - Daniel Sampaio) e ignorar justificações e angústias desnecessárias. Mas o tempo é um intruso que invade os nossos sentimentos. Um intruso que transforma a nossa vida em aspectos diferentes e multifacetados. A Sara sentiu na pele o poder do intruso (O Intruso - Carina Rosa), que tinha tudo e nada que ver com o tempo... Foi um passado que invadiu o seu presente e a encheu de uma angústia que aprendeu a dissipar. Mas nem tudo é efémero, há promessas que se mantêm para toda a vida (Uma promessa para toda a vida - Nicholas Sparks) e Miles sempre foi um homem de palavra que cumpriu as suas promessas ao mesmo tempo que abre o seu coração ao amor. Bem... voltamos a uma tema complexo, o amor! Quantas vezes eles se mostrou como sinónimo de insatisfação? Ana Karenina sentiu isso na pela (Ana Karenina - Leão Tolstoi). Um amor insatisfeito que a fez duvidar e andar no limbo da vida longe de encontrar o seu Porto Seguro... Mas houve quem, no meio da tragédia o soube agarrar e eis que surge Ophélie e Pip (Porto Seguro - Danielle Steel), que souberam agarrar o seu o porto e limparem a alma das coisas ruins que toldavam de tons negros e cinzentos os seus corações. Não precisaram de ficar sozinhas nalguma ilha para descobrirem o amor, por seu lado T.J. e Anna (Sozinhos na Ilha - Tracy Gravis Grave) foram forçados a lidarem com esse estranho sentimento a que chamamos de amor numa ilha perdida, em que a sobrevivência se sobrepôs ao amor, apesar de tudo não o consegui vencer. Pelos vistos ele é sempre mais forte, mesmo quando um personagem masculino tem de lidar com as constantes provocações da sua esposa (A provocadora- Madeleine Hunter). Os homens desconhecem os poderes ocultos das mulheres... Desconhecem tanto que Ryan deixou-se apanhar pela Bethany (Amor à primeira vista - Catherine Anderson). Completamente enfeitiçado, vê-se a mover mundos e fundos para conquistas Bethany, para que depois seja um touro a clarear-lhe a visão acerca dos sentimentos da jovem. Depois dos sentimentos estarem bem clarificados, passam a viver verdadeiros dias de ouro, algo que Angus também só começou a viver depois de acertar as suas agulhas com Edilean (Dias de Ouro - Jude Deveraux). Provocações e muito amor acabaram por afastá-los ao mesmo tempo que no fim os juntou, sem nunca perderem o sentido de humor que tanto os caracterizava. Tanta viagem, tanto encontro e desencontro, tanto amor descoberto, para no fim encontrar o verdadeiro sentido de amar dentro de um cabana onde se descobre o sangue que comprova um crime (A Cabana - Wm. Paul Young). Foram dias vividos numa cabana que mostraram a relação entre amor e perdão o valor dos relacionamentos humanos.

Lugar desencantado 
O Intruso

Lugar encantado
Sozinhos na Ilha

(Peço desculpa pelas opinião não estarem todas publicadas.. Tentarei publicar as restantes ainda esta semana e depois actualizo este post com as hiperligações).

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.