Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Balanço | Ataque à estante 2022

Ataque à estante.jpg

Este desafio foi criado pela Daniela, e eu decidi dar-lhe continuidade em 2022. 

Em 2022, li 16 livros da minha estante e consegui fazer um total de 34 pontos (tendo em consideração o ano em que eles deram entrada na minha estante). 

Fica aqui o registo das leituras e as respetivas pontuações.

Livro

Ano

Pontos

1. A doçura da chuva, Deborah Smith

2018

5

2. Fica comigo, Noelia Amarillo

2021

2

3. Cerimónia mortal, J. D. Robb

2021

2

4. Curar as energias negativas, Anne Jones

2021

2

5. Voltar a encontrar-te, Marc Levy

2022

1

6. Olá, Sapo!, Gabriele Clima

2022

1

7. A terapeuta, Gaspar Hernàndez

2020

3

8. Uma aposta perversa, Emma Wildes

2022

1

9. Pessoas altamente sensíveis, Elaine Aron

2022

1

10. O egomaníaco, Vi Keeland

2022

1

11. Intervenção psicológica com ludoterapia, Raissa Santos

2022

1

12. Pessoas normais, Sally Rooney

2021

2

13. Salva por um escocês, Sarah MacLean

2020

3

14. A música das abelhas, Eileen Garvin

2022

1

15. A vida sem ti, Tânia Ganho

2020

3

16. 12 regras para a vida, Jordan B. Petterson

2018

5

 

Balanço | Desafio Mestre do crime

Mestre do crime 2022.jpg

Criei este desafio com o intuito de estimular a leitura de thriller e policiais. As minhas leituras têm sido afetadas pelo meu estado de ânimo e, por isso, tenho tido pouca disponibilidade mental para este género de livros. 

Gostava de ter chegado ao nível 4, mas não consegui. Iniciei apenas o nível 3. 

Ficam aqui as minhas leituras para este desafio.

Nível 1 - Ter 4 livros lidos e um deles ser escrito por uma mulher
1. Cerimónia mortal, J. D. Robb - Escrito por uma mulher
2. O homem das castanhas, Søren Sveistrup
3. Eu sei o que vocês fizeram, Dorothy Koomson
4. Traz-me de volta, B. A. Paris

Nível 2 - Ter 8 livros livros lidos e um deles escrito por um autor nunca lido
5. A terapeuta, Gaspar Hernàndez - Escrito por um autor nunca lido
6. Boneca de trapos, Daniel Cole
7. A última vítima, Tess Gerritsen
8. Conduz o teu arado sobre os ossos dos mortos, Olga Tokarczuk

Nível 3 - Ter 12 livros lidos e um deles ter uma personagem principal feminina
9. Sopro do mal, Donato Carrisi

Nível 4 - Ter 16 livros lidos e um deles ter sido publicado em 2021

Leituras 2020, o balanço

Em 2020 eu coloquei como meta de leitura 40 livros. A minha experiência dos anos anteriores levou-me a ser mais comedida. Não valia a pena colocar um valor muito elevado dada a imprevisibilidade do meu tempo. Antes do verão estive tentada a baixar o número. 

Para muitos o confinamento ofereceu-lhes mais tempo para a leitura. No meu caso sucedeu o inverso. Em março só consegui ler um livro. E nos dois meses seguintes só consegui ler três em cada um deles. 

Graf 1.jpg

Os meses de verão consegui colocar as leituras em dia e nos últimos meses do ano houve uma certa continuidade no número de livros lidos.
Assim, em 2020 li 48 livros (mais quatro do que em 2019), num total de 15 713 páginas (mais 398 do que em 2019, o que parece ser sugestivo de que li livros mais pequenos em 2020). 

O livro mais pequeno que li foi "O duelo" de Anton Tchékhov e o maior foi "Encontro com o destino" de Lesley Pearse. Já em 2019, o livro com mais páginas que li era da autora Lesley Pearse e foi o livro anterior ao que li este ano. im 1.jpg

A classificação média dos livros lidos e classificados é de 3.17 (pontuo os livros de 1 a 5). Este valor é o mais baixo comparativamente ao ano de 2019. Tenho consciência que em 2020 arrisquei um pouco mais nas leituras e li coisas diferentes do habitual. 
Três livros foram classificados com 1 estrela e cerca de 44% das minhas leituras receberam 4 ou 5 estrelas, uma percentagem inferior à de 2019.

im 2.jpg

Relativamente à origem dos livros, 16 foram livros que estavam na minha estante, 8 chegaram cá a casa através da generosidade das diversas editoras que colaboram comigo (e a quem eu agradeço imenso a cedência dos livros) ou enviados pelo(a) escritor(a), 3 foram livros emprestados (um valor bastante inferior ao do ano passado) e  11 foram requisitados na biblioteca (valor superior ao do ano passado). Em 2020 li 4 ebooks

Li exatamente o mesmo número de livros escritos por homens do que em 2019, 11 livros. As mulheres continuam em grande destaque e ocupam grande parte das minhas escolhas. 

im 3.png

Das 48 leituras feitas, tive a oportunidade de descobrir 30 novos autores. Parece que foi um ano para apostar em novos escritores e escritoras.  De entre estas descobertas destaco Aroa Moreno DurásMaria João Lopo de Carvalho, C. J. Tudor e Matt Haig. São autores que descobri em 2019 e de quem quero ler mais livros.

Em 2020 consegui recuperar da vergonha de 2019 e li 18 livros de escritores(as) nacionais. Poderia ter sido um número mais elevado, mas considero que foi um bom resultado. Espero em 2021 manter ou chegar, pelo menos, aos 20 livros.

Ao longo do ano fui registando numa tabela alguns valores mensais. Exceto janeiro e março, todos os outros meses li um livro de um(a) escritor(a) nacional. Agosto foi o mês em que a média de páginas lidas por mês foi mais elevada. Janeiro e fevereiro são os meses onde a média das classificações dos livros foi mais elevada

13.jpg

Para finalizar deixo as minhas 10 melhores leituras de 2020.

Design sem nome (2).jpg

"Razões para viver" de Matt Haig
"O teu nome é uma promessa" de Deborah Smith
"Marquesa de Alorna" de Maria João Lopo de Carvalho
"Sem saída" de Cara Hunter
"Encontro com o destino" de Lesley Pearse
"Viver depois de ti" de Jojo Moyes
"Antes de nos encontrarmos" de Maggie O'Farrel
"Demência" de Célia Loureiro
"A filha do comunista" de Aroa Moreno Durán
"Verity" de Colleen Hoover

Balanço | Leituras 2019

Este início de ano está a ser caótico por estes lados. Estou numa fase de pouca leitura e de alguma dificuldade na gestão de tempo. Para piorar a minha capacidade criativa e de produção de conteúdo está a passar uma verdadeira crise.

Nunca demorei tanto tempo a fazer uma balanço de leituras do ano que acabou. Apesar de tudo, acho que ainda venho a tempo.

Prontos para viajarem pelas minhas leituras de 2019?

Para 2019 tinha colocado como meta de leitura 52 livros. Ao longo do ano fui baixando o número de livros do desafio para que não terminasse o ano sem o desafio terminado. 
Assim, durante o ano passado li 44 livros, menos dois que em 2018. Incrivelmente li menos livros, mas li mais 2 128 páginas do que em 2018. Assim, em 2019 li 15 315 páginas.  

Sem Título.jpg

Não li nenhum livro com menos de 100 páginas. O livro mais longo foi "Até sempre, meu amor" de Lesley Pearse com 752 páginas e o mais pequeno foi "Persuasão" de Jane Austen com 172 páginas.

Sem Título.jpg

A classificação média dos livros lidos e classificados é de 3.7 (pontuo os livros de 1 a 5). Este valor é o mais alto dos últimos cinco anos. Talvez ande a ficar mais criteriosa ou simplesmente 2019 foi um ano de melhores leituras. 
um livro foi classificado com 1 estrela e cerca de 59% das minhas leituras receberam 4 ou 5 estrelas.

Sem Título.jpg

Relativamente à origem dos livros, 14 eram livros que estavam na minha estante, 12 chegaram cá a casa através da generosidade das diversas editoras que colaboram comigo (e a quem eu agradeço imenso a cedência dos livros), 8 foram livros emprestados e  7 foram requisitados na biblioteca. O ano de 2019 foi aquele em que li mais ebooks, 4 no total. 

Sem Título.jpg

Foi um ano em que li mais livros escritos por mulheres do que por homens. Desde há muitos anos que as escritoras ficam sempre muito representadas nas minhas leituras. Sinto-me bem por apoiar mulheres, mas sei que os escritores também merecem o meu respeito e as minhas leituras. Para mim, isto é que é igualdade de género.

Sem Título.jpg

Das 44 leituras feitas, tive a oportunidade de descobrir 19 novos autores. De entre estas descobertas destaco Cesca Major, Cara Hunter e Samantha Hayes. São autores que descobri em 2019 e de quem quero ler mais livros.

A vergonha chega agora. Em 2019 li apenas 7 livros de autores portugueses, cerca de metade dos que li em 2018. Não tenho memória de um número tão baixo de leituras lusas. Costumo apostar imenso em obras de autores portugueses, mas tal não acontece no ano que terminou. É dos balanços que me deixa menos orgulhosa. Quero, em 2020, superar esta minha lacuna e ler mais livros de escritores portugueses. 

Para finalizar, vou deixar as minhas 10 melhores e piores leituras de 2019. 

10 melhores leituras de 2019
BeFunky-collage.jpg

  • Uma voz perdida na Guerra (Cesca Major)
  • Uma verdade simples (Jodi Picoult)
  • Ensaio sobre a cegueira (José Saramago)
  • Os últimos dias dos Romanov (Robert Alexander)
  • O ano da dançarina (Carla M. Soares)
  • No escuro (Cara Hunter)
  • Até sempre, meu amor (Lesley Pearse)
  • Uma mente perversa (Chris Carter)
  • Desaparecidas (Tess Gerritsen) 
  • O menino de Cabul (Khaled Hosseini)

 

10 piores leituras de 2019

BeFunky-collage (1).jpg

  • Os loucos da Rua Mazur (João Pinto Coelho)
  • O diário de um mago (Paulo Coelho)
  • Persuasão (Jane Austen)
  • Revelação inesperada  (Andrea Kane)
  • Loanda (Isalbel Valadão)
  • O bom Inverno (João Tordo)
  • Pura Malícia (Jill Mansell)
  • A minha avó pede descupa (Fredrik Backman)
  • Uma paixão (Danielle Stell)
  • Depois da meia noite (Diana Palmer)

Balanço Final | Desafio de leitura Manta de Histórias 2019

Pela primeira vez decidi participar no desafio criando pela autora do blog Manta de Histórias
É um desafio de leitura com 32 categorias distintas. 

Eu gostava de ter conseguido preencher este cartão, mas fiquei-me pelo preenchimento de 23 categorias
Sempre que possível tentei encaixar as minhas leituras nas categorias, mas nem sempre consegui ler livros que se adequassem. Porém fiquei muito contente pelo número alcançado. 

Em seguida apresento o cartão e as leituras que fiz em função das categorias pré-definidas.

1.jpg

  1. Protagonista é um homemMarina, Carlos Ruiz Zafón
  2. Um YA: Amor Cruel, Colleen Hoover
  3. Livro escrito por uma mulher: Uma paixão, Danielle Steel
  4. Autor português nunca lido: O Bom Inverno, João Tordo
  5. Livro com um nome de uma cidade no título: Loanda, Isabel Valadão
  6. Um Romance: A Caminho do Altar, Julia Quinn
  7. Livro com um título longo: A Rapariga que Veio do Frio, Gilberto Pinto
  8. Uma novidade: Uma voz perdida na guerra, Cesca Major
  9. Livro emprestado: Às cegas, Josh Malerman
  10. Livro publicado em 2018: Uma Verdade Simples, Jodi Picoult
  11. Um policial: Revelação Inesperada, Andrea Kane
  12. Livro escolhido pela capa: Uma Noite no Expresso do Oriente, Veronica Henry
  13. Ebook: A Minha Avó Pede Desculpa, Fredrik Backman
  14. Qualquer livro à tua escolha: Os Últimos dias dos Romanov, Robert Alexander
  15. Livro de um autor que gostes muito e que não tenhas lido: O Jardim das Flores de Pedra, Deborah Smith
  16. Um thriller: Desaparecidas, Tess Gerritsen
  17. Um livro sobre a Segunda Guerra Mundial: Os Loucos da Rua Mazur, João Pinto Coelho
  18. Um livro cuja ação tem lugar em Portugal: O Ano da Dançarina, Carla M. Soares
  19. Livro há muitos anos na estantePerfume de Jasmim, Jude Deveraux
  20. Um livro de não ficção: Como não morrer de forme em Portugal, Lucy Pepper
  21. Um clássicoPersuasão, Jane Austen
  22. Um livro de capa vermelha: Espero por ti este Inverno, Luanne Rice
  23. Um CalhamaçoAté sempre, meu amor, Lesley Pearse

Balanço | Leituras 2018

 
Este ano não consegui cumprir o desafio ao qual me tinha proposto no Goodreads. Coloquei como meta 52 livros, mas apenas consegui ler 46. Número são números e há acontecimentos e situações na nossa vida que influenciam a nossa leitura e os quais não podemos controlar.
 
 
Quanto ao número de páginas, em 2018 li 13 187 páginas, menos 3998 páginas comparativamente ao ano anterior. Já era algo esperado dado que li menos livros. 
 
 
Ao longo dos meses o número de leituras foi variando. Em Janeiro foi o mês do ano em que li mais livros, sete no total e Novembro foi o mês em que li menos, apenas dois livros. 
 
 
Os livros tiveram origens muito diversas. Sendo que fiz mais leituras de livros que vieram da biblioteca e provenientes de ofertas que recebi por parte das editoras. Também ainda li bastantes livros emprestados. No próximo ano quero melhor o valor de livros lidos que pertencem à minha estante. 
 
 
O livro com mais páginas que li foi As Irmãs de Jesse Michaels. Este livro tinha todos os livros da série, por isso era muito longo. O mais pequeno é um conto de Carla Ribeiro, Abraça-me para sempre.
 
A pontuação média manteve-se nos 3.2 durante o ano de 2018. Atribuiu 5 estrelas a 10 livros e 1 estrela a 8 livros. 
Relativamente ao número de autores portugueses, em 2018 li 15 livros, menos um que em 2017. Li menos novos autores. Em 2017 tinha lido 39, enquanto que em 2018 li 27. 
 
Deixo-vos aqui os melhores livros e os livros menos bons de 2018.
 
Melhores livros de 2018
A Sereia de Brighton Um por Um (Robert Hunter, #5) Perguntem a Sarah Gross  Acordo com o Marquês (Scandal & Scoundrel, #1)  Edenbrooke (Edenbrooke, #1)  A Imperatriz Romanov  Duplo Crime (Jane Rizzoli & Maura Isles, #4)  Ã‰s o Meu Destino (Belle #3)
 
 
  • A sereia de Brighton, Dorothy Koomson
  • Um por um, Chris Carter
  • Perguntem a Sarah Gross, João Pinto Coelho
  • Acordo com o Marquês, Sarah MacLean
  • Verão em Edenbrook, Julianne Donaldson
  • A Imperatriz Romanov, C. W. Gortner
  • Duplo Crime, Tess Gerritsen
  • És o meu destino, Lesley Pearse
Os menos bons de 2018
 
A Materna Doçura Orbias - As Guerreiras da Deusa (Orbias, #1) Mortalha Para Uma Enfermeira A Boneca De Kokoschka Florbela, Apeles e Eu  O Ano Francês  Sorrisos Quebrados (Quebrados)
 
  • A Materna Doçura, Possidónio Cachapa
  • Orbias: As Guerreiras da Deusa, Fábio Ventura
  • Mortalha para uma enfermeira, P . D. James
  • A Boneca de Kokoschka, Afonso Cruz
  • Florbela, Apeles e Eu, Vicente Alves do Ó
  • O Ano Francês, Daniela Rodrigues
  • Sorrisos Quebrados, Sofia Silva

Mealheiro Literário 2018 | Balanço


Janeiro
Compras no ano anterior (1): 11€
Biblioteca (2): 20.30€
Ofertas (2): 29.32€
Empréstimo (1): 9 €
Ebooks: 11€

Compras (1 livro): 11.50€
CTT: 1.73€

Fevereiro
Troca (1): 16.90 
Oferta (1): 8.90€
Empréstimo (1): 16.90€

CTT: 0.55€

Março
Troca (1): 17.67 
Biblioteca (2): 29.89 €
Empréstimo (1): 17.69€

CTT: 3.97€
Compras (1 livro): 8.50€

Abril
Ofertas(2): 29.91 
Biblioteca (1): 15.90 €
Empréstimo (1): 16.90 €

CTT: 3.47€

Maio
Ofertas(1): 14.94 
Biblioteca (1): 7.5 €
Ebook (1): 17.70 €

CTT: 0.59€

Junho
Troca (1): 8.00 
Biblioteca (1): 5.00 €
Empréstimos (2): 31.81 €

CTT: 1.79€

Julho
Oferta (2): 36.80 
Ebooks (2): 18.00 €

CTT: 0.93€

Agosto
Troca (1): 14.90 
Ebook (1): 5.99 €
Empréstimos (1): 15.90 €
Biblioteca (1): 17.70€

CTT: 5.27€

Setembro
Biblioteca (2): 22.60€

Compras (2): 1.90€


Outubro
Oferta (1): 34.72 
Biblioteca (1): 16.90€

Novembro
Empréstimos (1): 17.90 €
Oferta (1): 11.97 €

CTT: 1,50€

Dezembro
Oferta (2): 27.28€
Biblioteca (1): 12.40€

CTT: 0.39€
Compras (1): 7€
Poupança: 577.27
Gastos: 48.70€

Em 2018 consegui poupar 577.27 €. Li menos que no ano anterior, por isso estes valores são menores. 
Este ano comprei 5 livros, menos um que o ano passado, gastando no total 28.9€. São livros comprados em segunda mão, mas que estão como novos. Dois deles só paguei os portes de envio. 
A poupança inclui os livros que recebi como oferta das editoras (a quem agradeço a possibilidade que me dão de ler novos livros), da biblioteca, emprestados e que provêm de trocas que vou fazendo de livros que não quero ter. 
É um registo que vou manter em 2019. Aqui está o meu Banner para o próximo ano. Quem se junta a mim?

Balanço | Viajar no mundo com os livros




Há um ano atrás desafiei-me a leituras de autores com nacionalidades diferentes daquelas que habitualmente leio. 
Não me limitei nas leituras, nem as escolhi tendo como foco exclusivo este projeto. Fui lendo o que me apetecia e ia encaixando aqui as nacionalidades. 
Consegui ler autores de 11 nacionalidades distintas. Porém, vendo pela minha lista os Estados Unidos da América e o Reino Unido foram os países de origem de grande parte das minhas leituras. 
Gostava de mudar este aspeto e da oportunidade a autores de outras nacionalidades, porém vendo bem a nossa oferta é algo complicado. Facilmente nos cruzamos com livros de autores norte americanos e ingleses. Felizmente já começam a surgir livros de autores de origem de outros países europeus, e aqui destaco os autores nórdicos com os seus policiais e thrillers. 
Fica aqui o registo das minhas viagens. 

Portugal
Coimbra - Para sempre não é muito tempo (Carolina Pascoal); A boneca de Kokoschka (Afonso Cruz)
Braga - Soberba Ilusão; Maresia e fortuna(Andreia Ferreira); As impertinências do cupido (Ana Gil Campos); Livros infantis (Fabíola Lopes);  
Faro - Orbias - As guerreiras da deusa (Fábio Ventura)
Guarda - O encontro (Virgílio Ferreira)
Leiria - Mors tua, vita mea: a tua morte, a minha vida (Vanessa Santos)
Lisboa - Inês (Maria João Fialho Gouveia); Amor de predição (Camilo Castelo Branco); A linha ténue do passado (Mónica Cortesão Gonçalves); Morreste-me (José Luís Peixoto)
Porto - A fronteira do perpétuo (Teresa Poças)
Portalegre - Morreste-me (José Luís Peixoto)
Santarém - O conto da ilha desconhecida (José Saramago)
Viseu - Os meus poemas não rimam (Ana Beatriz Cruz)

Afeganistão
Mil sóis resplandecentes (Khaled Hosseini)

Brasil
A síndrome de Peter Pan (Eliane G. Pyhn)
O escultor da morte (Chris Carter)

Espanha
O intestino também sente (Leonor Martín)
Emocionário (Cristina Núñez Pereira)

Estados Unidos da América
Eleanor & Park (Rainbow Rowel)
9 de novembro (Colleen Hoover)
Doces Silêncios (Deborah Smith)
Se eu fosse tua (Meredith Russo)
Uma nova esperança (Colleen Hoover)
Frágil (Jodi Picoult)
Perfume de Paixão (Jude Deveraux)
Corações na escuridão (Laura Kaye)
Uma boa mulher (Jill Alexander Essbaum)
Amor às claras (Laura Kaye)
Duplo Crime (Tess Gerritsen)
Tua para sempre (Luanne Rice)
Verão em Edenbrook (Julianne Donaldson)
A bela e o vilão (Julia Quinn)

Índia
Mar de papoilas (Amitav Ghosh)

Itália
Se isto é um homem (Primo Levi)

Noruega
Caçadores de cabeças (Jo Nesbø)


Nova Zelândia
Sangue do coração (Juliet Marillier)

Reino Unido
Tempo de dizer adeus (S. D. Robertson)
Mais não, Papá! (Maria Landon)
Casamento em Veneza (Elizabeth Alder)
Uma noite de amor (Mary Balogh)
Regresso a Mandalay (Rosana Ley)
Reencontro com o amor (Melissa Pimentel)
A promessa (Lesley Pearse)
Uma morte súbita (J.K. Rowling)
Antes de eu morrer (Jenny Downham)
Sinto a tua falta (Kate Eberlen)
Presa e predador (Gordon Reece)
És o meu destino (Lesley Pearse)
Mortalha para uma enfermeira (P. D. James)

Suécia
Desaparecidos (Caroline Eriksson)


A livraria dos finais felizes (Katarina Bivalde)

Zimbabué
Escrito na água (Paula Hawkins)

Balanço | Por detrás da tela 2017

Em 2017 comecei a registar os filmes e as séries que vi. Queria ver mais filmes e controlar melhor as minhas viagens pelo mundo cinematográfico. 
Não vi tantos filmes quanto gostaria, mas dada a minha tendência para ler mais do que ver filmes acho que nem correu muito mau. 
Vi um total de 22 filmes, sendo que três deles foram uma segunda visualização.
As séries continuam a aparecer de forma muito rara na minha vida. Só acompanhei duas: O ministério do tempo,  da qual vi a primeira temporada; e Victoria, da qual vi duas temporadas. 

Filmes

  1. Frida (2002)
  2. Piper (2016)
  3. Mulher infiel (2015)
  4. A Bela e o Mostro (1991) - 2ª Visualização
  5. Fixing Luka (2011)
  6. Divertidamente (2015) - 2ª Visualização
  7. Enquanto dormias (1995)
  8. Marley e eu (2008)
  9. Cegonhas (2016)
  10. A proposta (2009)
  11. Meia noite em Paris (2011)
  12. Perseguição escaldante (2015)
  13. Dirty dancing - dança comigo (2017)
  14. Cantar! (2016)
  15. La vie en rose (2007)
  16. Diana (2013)
  17. Um Sonho Possível (2009)
  18. Principezinho (2015)
  19. É a vida (2010)
  20. A rapariga que roubava livros (2013) - 2ª Visualização
  21. A idade de Adeline (2015)
  22. Capitão fantástico (2016)
Séries
  1. Victoria (2016) - 1ª Temporada
  2. O Ministério do Tempo - 1ª Temporada
  3. Victoria (2017) - 2ª Temporada

Balanço | Mealheiro literário 2017


O ano passado não consegui manter este registo atualizado. Este ano decidi ser mais metódica e registar todos os meus gastos, incluindo os gastos com os livros.
Aqui ficam os valores associados aos livros que li, ao que gastei nos CTT a enviar livros de trocas e de empréstimos e aos livros que comprei. 

Janeiro
Livros lidos:
  • Ofertas (2) = 27.71€
  • Biblioteca (1) = 17.76 €       
Poupança = 45.47€
Compras = 21.90€
Despesas CTT= 5.46€

Fevereiro
Livros lidos:
  • Ofertas (2) = 31.95€
  • Biblioteca (1) = 17.16€
  • Empréstimos (2) = 30.19€
  • Passatempo (1) = 16.90€
Poupança = 96.20€
Despesas CTT = 2.94€

Março
Livros lidos:
  • Ofertas (3) =48.29€
Poupança = 48.29€
Despesas CTT = 0.86€

Abril
Livros lidos:
  • Ofertas (3) =44.50€
  • Biblioteca (1) = 16.96€
  • Empréstimo (1) = 16.96€

Poupança = 79.15€
Despesas CTT = 4.80€

Maio
Livros lidos:
  • Ofertas (1) =15.93€
  • Biblioteca (2) = 24.90€
  • Troca (1) = 15.90€
Poupança = 56.73€
Despesas CTT = 2.22€

Junho
Livros lidos:
  • Ofertas (2) = 24.84€
  • Empréstimo (2) = 35.39 €
  • Troca (1) = 16.90€
Poupança = 77.13€
Despesas CTT = 6.71€

Julho
Livros lidos:
  • Ofertas (3) = 26.72€
  • Biblioteca (1) = 13.41€
  • Empréstimo (1) = 14.67€
Poupança = 54.8€
Despesas CTT = 1.93€

Agosto
Livros lidos:
  • Ofertas (4) = 141.58€
  • Biblioteca (3) = 40.81€
  • Empréstimo (1) = 16.90€
  • Passatempo (2) = 29.52€
  • Troca (1) = 16.90
Poupança = 245,71€

Despesas CTT = 7.91€
Compras = 10€

Setembro
Livros lidos:
  • Ofertas (1) = 19.70€
  • Biblioteca (3) = 17.95€
Poupança = 37,65€

Compras = 27€

Outubro
Livros lidos:
  • Ofertas (3) = 46.69€
  • Empréstimo (1) = 17€
Poupança = 63,69€

Despesas CTT = 1.48€

Novembro
Livros lidos:
  • Ofertas (1) = 11€
  • Biblioteca (2) = 30€
  • Empréstimo (1) = 10.90€
Poupança = 65,90€

Despesas CTT = 2.40€

Dezembro
Livros lidos:
  • Ofertas (1) = 16.91€
  • Passatempo (1) = 16.90€
  • Empréstimo (2) = 28.67€
Poupança = 62,47


Despesas CTT = 1.95€


Poupança anual =  832.98€
Despesa anual = 98.56€

Olhando para estes valores faço um balanço muito positivo. Comprei apenas 6 livros, 5 foram em segunda mão e outro foi novo mas utilizei um cupão de desconto de cinco euros. Vergonhosamente não li nenhum livro que comprei este ano nem em anos anteriores. Assim, este valor de poupança inclui os livros que ganhei através de passatempos, da biblioteca, de empréstimos e das gentis ofertas das editoras (um total de 26 livros).
O valor da despesa inclui os valores dos CTT e dos livros comprados, acho que é um valor equilibrado. 
Este ano quero continuar a fazer esta contagem para ter uma maior consciência dos meus gastos. 

Mais sobre mim

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reading Challenge

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Silvana (Por detrás das Palavras) has read 0 books toward her goal of 30 books.
hide

Palavra do momento

Por detrás das Palavras

O Clube Mefisto

goodreads.com

Mais visitados

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub