Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Opinião | "Posso espreitar a tua fralda?" e "Posso espreitar o teu bacio?" de Guido Van Genechten

A minha pequena leitora em construção vibrou com estes livros. Aproximando-se a fase de iniciar o desfralde, achei que estes livros poderiam ser um bom incentivo. Ainda não desfraldou, mas já sabe que tem a fralda limpa e vai ao bacio: o Ratinho. 

De uma forma muito dinâmica e com ilustrações maravilhosas as histórias levam a criança a observar a fralda e o bacio de diferentes animais.
No caso do Posso espreitar a tua fralda?, a fralda é uma aba que a criança pode abrir e ver o que esconde a fralda de cada animal. Sempre de uma forma respeitosa, já que o Ratinho pede autorização para espreitar a sua fralda, e no fim dá autorização para espreitar a sua.

No livro Posso espreitar o teu bacio?, a dinâmica é a mesma. É possível abrir uma aba que permite à criança ver o bacio de diferentes animais. 

Dando a entoação certa e deixando a criança explorar o livro e mexer nas abas, o interesse é garantido. Pelo meio da leitura, ainda aproveitamos para treinar a contagem, fazer a identificação de animais e explorar as cores de cada animal. 

Ler para uma criança não é só juntar as palavras e passa-lhe a mensagem. É deixá-la descobrir a magia das ilustrações, responder a perguntas que ela vai fazendo porque vê alguma coisa interessante ou porque fica curiosa. 

Do mesmo autor, já foi publicado A orquestra do bacio, um livro que tem estado esgotado nas livrarias online. Acredito que também poderá ser uma boa introdução do desfralde na realidade da criança. 

Classificação

Opinião | "Emocionário" de Cristina Núñez Pereira

Emocionario: Di lo que sientes
Classificação: 5 Estrelas

Queria que a minha primeira leitura do ano fosse especial. Queria um livro que me transmitisse positividade e força. Então decidi pegar no Emocionário, um livro infantil que me foi oferecido por uma amiga especial, no meu último aniversário. 
É um livro que aborda os sentimentos de uma forma simples e muito cativante. As ilustrações são de uma beleza singela e que me deixavam agarrada às páginas.

Recorrendo a um texto simples, com exemplos quotidianos, a autora vai expondo os sentimentos humanos, seguindo uma sequência muito lógica. 
É um bom livro para ler com as crianças e explorar o mundo emocional dos humanos. Através do livro podemos mostrar-lhes o quanto todas as emoções são importantes e de que forma elas se manifestam no nosso interior e exterior. 

Uma leitura bem pequenina, mas muito saborosa para este início de 2018. 

Opinião | Livros infantis de Fabíola Lopes


Vou fazer um único post de opinião a estes três livros infantis, porque se o fizesse individualmente iriam ficar post muito pequeninos.

Aqui estão três livros, com textos dirigidos aos mais pequenos. 
Achei muito engraçado que o livro O que há nas mãos da minha avó / O que há nas mãos do meu avô é dois em um, ou seja, no mesmo livro temos duas capas e duas histórias, é só virar o livro.

Cada um deles aborda as temáticas de forma engraçada e lúdica para as crianças. Os textos, em alguns momentos, rimam tornando a leitura divertida e engraçada para se fazer em grupo. 
Destaco, também, como aspeto positivo a presença de atividades para as crianças no final de cada livro. Na minha perpetiva é algo interessante pois poderá contribuir para uma maior ligação das crianças às narrativas e proporcionar um envolvimento diferente com a leitura.

Classificação: 
O que há na barriga do meu pai - 3 estrelas
O que há nos cabelos da minha mãe- 3 estrelas
O que há nas mãos da minha avó / O que há nas mãos do meu avô - 3  estrelas

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub