Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

28
Set18

Opinião | "Força do Desejo" de Jess Michaels (Albright Sisters #3)

Força do Desejo (Albright Sisters #3)
Classificação: 3 Estrelas

Força do Desejo encerra a série erótica Albright Sisters de Jess Michaels. A autora mantém-se fiel ao estilo de escrita e do tipo de histórias que constrói. Portanto, não foi surpreendente, não foi uma leitura de tirar o fôlego... Foi uma leitura simpática, agradável, que entreve, mas que daqui a uns dias irá desvanecer-se da minha memória.

É engraçado como nos faltam palavras quando nos cruzamos com um livro mediano. Não nos aqueceu as emoções, pois não foi uma leitura entusiasmante, nem as arrefeceu porque não teve o poder de nos irritar ou de nos deixar chateados. Foi aquilo que senti com este livro. Não me arrebatou o coração, nem me fez espumar de raiva por algo mau que lá pudesse haver.

Houve momentos em que me senti a ler As Cinquenta Sombras de Grey. Isto deixou-me um pouco aborrecida. Procuramos sempre alguma originalidade nos livros. Sim, é difícil ser-se originam no meio de tantas publicações sobre diferentes temas. Neste livro em particular, as semelhanças são evidentes, mas em alguns momentos até se consegue destacar. 

Tal como nos livros anteriores, Beatrice vive aquilo que aconteceu às irmãs. Primeiro há uma ligação sexual, há um momento de epifania, em que Beatrice e Gareth vêm as estrelas e encontram o amor e uma ligação hiper - mega especial, mas não partilham sentimentos. Vão continuando a partilhar o corpo e tudo aquilo que ele lhes pode dar, mas só depois de um momento dramático é que há a tão esperada declaração. 
Apesar de gostar de ler livros eróticos, por vezes a fórmula encontrada pelos autores aborrece-me um pouco. Estes são todos muito parecidos. Eu esperava um rasgo de mudança e alguma ousadia da autora em criar cenários de relação diferentes. A ousadia e a exploração por cenários diferentes foram aspetos reservados às cenas eróticas. 

Foi bom terminar esta serie e conhecer uma nova autora. Vou querer ler outros livros da autora e procurar pela sua inovação. Contudo pretendo dar um bom espaço temporal para me conseguir desligar desta forma e apreciar a leitura com outros olhos.
Recomendam algum livro em especial da autora?
26
Set18

Opinião | "Tabu" de Jess Michaels (Albright Sisters #2.5)

Tabu (Albright Sisters, #2.5)
Classificação: 4 estrelas

Tabu é, até ao momento, o meu livro preferido da série. Achei que esta história é mais credível do que a anterior, há uma construção das personagens mais cuidada e que me trouxe  personagens com uma personalidade distinta, especial e cativantes. Para além destes aspetos, toda a construção da relação entre os dois personagens principais é mais interessante e traz-nos algum drama que apimenta um pouco toda a situação. 

Relativamente ao casal, à forma como se conhecem, se apaixonam e se separam são aspetos comuns a outros livros. Um homem de classe alta, que se apaixona por uma mulher de uma classe social inferior e os pais do homem a não aceitar a relação e fazer o que lhes está ao alcance para terminar a relação. Ficam afastados durante uns tempos até que se reencontram. As diferenças sociais que os caracterizam ditaram um conjunto de situações que aparecem nos momentos certos ao longo do livro.

Como é de prever, Tabu é um livro cheio de cenas eróticas, algumas bem ousadas, que estão bem escritas e contextualizadas. Senti que havia uma ligação emocional e especial entre os dois e isso fez-me sentir mais envolvida com o livro. Senti que a história fluía de forma espontânea e capaz de me captar a atenção e o interesse relativamente à forma como tudo iria terminar.

É claro que o final é previsível, mas isso não me retirou o gosto em ler um final feliz e cheio de coisas bonitas.
Resta-me o último livro da série e não sei muito bem o que esperar. Espero gostar tanto como este, ou pelo menos como o primeiro.  


12
Set18

Opinião | "Sedução Perigosa" de Jess Michaels (Albright Sisters #2)

Sedução Perigosa (Albright Sisters #2)
Classificação: 2 Estrelas


Sedução Perigosa é o segundo livro da série Albright Sisters e conta-nos a história de Penelope. Depois de um primeiro livro com uma história que eu considerei razoável, esperava que a qualidade aumentasse e que a história fosse um pouco mais rica relativamente à descrição e carácter das personagens para que a componente erótica fosse mais interessante. Infelizmente, achei que a construção da narrativa teve qualidade inferior, quando comparada com a do outro livro.

Penelope tinha tudo para ser uma personagem desafiante e engraçada. Mas deixou-se levar pelas suas necessidades básicas que ficou um pouco parvinha. Acho todo aquele erotismo lhe queimou os neurónios "pensantes" ao ponto de ela se deixar ludibriar tão facilmente. Para quem já leu o livro deve estar a perceber do que estou a falar. Este aspeto deixou-me um pouco desiludido. Não gosto de ver livros onde a mulher é reduzida a condições mais baixas de inteligência, onde não é valorizada e onde não lhe dão um verdadeiro papel principal. Neste livro em particular, Penolope é frágil, precisa de acarinhada e cuidada. E depois a facilidade com que ela se entrega a Jeremy é um pouco frustrante. Sim, eu sei que este livro é do género erótico, mas para mim é importante criar um contexto apelativo, credível e que sustente toda história que se encaixa.

Ainda deu para rir com algumas situações e permitiu-me descontrair e fazer uma pausa entre leituras mais densas e que exigem mais de mim em termos cognitivos.
Continuo a achar que o género erótico é interessante para uma leitura a dois. Até casais que estejam a passar algum problema em termos de relacionamento, penso que estes livros poderiam ser uma primeira tentativa na resolução dos seus problemas, antes de passar para uma ajuda de profissionais. Para os que não têm problemas, poderia ser uma boa forma de apimentar relações. 
Este poderia dar algumas ideias e ajudar a satisfazer algumas fantasias. 
Os livros podem ser boas ferramentas de trabalho e de ajuda na superação de alguns problemas. Não têm só o objetivo lúdico, nem são apenas um hobby... Eles têm a capacidade de nos levar mais longe de nos modificar enquanto pessoas, de nos ajudar a colocar no lugar do outro. São por vezes espelhos da nossa realidade e fazem-nos pensar em caminhos alternativos para a nossa própria superação. Neste sentido, apesar de não achar o livro uma obra prima enquanto produto literário, poderá ser uma obra que possa ajudar, dar ideias... ou proporcionar momentos divertidos e de descontração. 
23
Jun18

Opinião | Emoções Proibidas (Albright Sisters #1) de Jess Michaels

Emoções Proibidas  (Albright Sisters, #1)
Classificação: 3 Estrelas

Jess Michaels era uma autora desconhecida para mim. Já me tinha cruzado com pessoas aqui no mundo dos blogs literários que conheciam os livros da autora, mas nunca tinha tido a oportunidade de os ler. Assim que vi na biblioteca o livro que reunia todos os livros de uma série da autora, achei que poderia ser uma boa oportunidade de ler, ao mesmo tempo que começava e terminada uma série sem ter de andar a mendigar por todos os livros.

Sabia mais ou menos o que ia encontrar. Este género de livro segue uma linha muito semelhante. Claro que existem aqueles que nos conseguem surpreender pois têm um toque especial de criatividade. Não foi o caso deste livro. A história é muito linear, não há grandes elementos transformadores e geradores de surpresa e as personagens seguem um percurso simples.
Uma das coisas que mais estranhei foi a introdução precoce de cenas sensuais. Elas começam logo nas primeiras páginas e transformaram-se numa ligação demasiado fulminante e com uma intensidade exagerada entre Miranda e Rothschild. Achei que estas duas personagens não tiveram o tempo suficiente para crescer enquanto casal, nem em descobrir tudo aquilo que atormentava cada um deles.

Foi frustrante não aceder a todos os lados obscuros de Rothschild. Pareceu-me um homem interessante e com um passado nubloso e cheio de recantos obscuros. Acabou por ser mal explorado e não tive grandes informações em relação a ele. Achei engraçada a aproximação do livro à série 50 sombras (talvez este livro tenha sido uma inspiração à série uma vez que a sua publicação original ocorreu bastante antes da série), numa época história totalmente diferente.

Acredito que as histórias possam evoluir e que a escrita da autora cresça nas próximas obras. Desta forma, espero surpreender-me com que ainda tenho para ler. Optei por não ler a série toda de uma vez para não correr o risco de me aborrecer ou cansar com as histórias. Assim, estou a meter outros livros pelo meio até chegar o momento de dar continuidade à série.