Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Opinião | "O que seria eu sem ti?" de Guillaume Musso

Untitled design (45).jpg

Já há alguns anos que gosto de ler obras do Guillaume Musso, autor que me foi apresentado pela Daniela. Têm sido experiências de leituras diferentes. Há livros que gosto mais, e livros que gosto menos. No caso deste livro, posso dizer que foi um livro que gostei de ler, mas que não me arrebatou. 

As primeiras páginas do livro prometem uma história de amor intensa. Dois jovens apaixonam-se, mas o facto de viverem em continentes diferentes assombra a felicidade deles. A separação é inevitável, mas fica a dúvida de se ambos serão capazes de alimentar um amor à distância.

Depois destas primeiras páginas, o livro entra numa fase completamente distinta. Há resquícios desta história de amor, mas a ação passa a centrar num conjunto de crimes que envolvem obras de arte.

Estas duas linhas narrativas cruzam-se. Contudo, a expetativa criada pelas primeiras páginas interferiu de forma um pouco negativa na minha experiência de leitura. Sim, foram as expetativas que condicionaram a minha leitura, mas a verdade é que não me permitiu usufruir de forma mais intensa da leitura que estava a ter.

Quando se inicia a última parte do livro, a história de amor ganha novamente um pouco de destaque. Consegui perceber a sequência narrativa e todas as escolhas do escritor. Tudo faz sentido na história que escolher contar! Há coerência nos acontecimentos e nas opções tomadas pelas personagens, no entanto isso não foi suficiente para me fazer ver o livro de outra forma.

Guillaume Musso gosta de dar um toque sobrenatural às suas histórias. Para mim, é uma imagem de marca do escritor. Há livros em que gosto desse encaixe, e outros em que acho que não funcionada muito bem. Neste caso, gostei e acho que funcionou. Foi um espécie de período de reflexão das personagens que, do meu ponto de vista, enriqueceu o texto. 

Em suma, foi uma leitura agradável e que cumpriu o seu propósito de me entreter. Porém, não deixou o rasto de fascínio que uma história memorável consegue deixar.

Classificação

Opinião | "Uma aposta perversa" de Emma Wildes

Untitled design (27).jpg

"Uma aposta perversa" marca a minha estreia com as obras de Emma Wildes. Não ia com expetativas elevadas. Encontrei aquilo que eu esperava encontrar: um livro com uma narrativa ligeira, descontraída e com muito romance romântico à mistura.

Este livro parte de uma aposta entre dois amigos: o Conde de Mandervile e o Duque de Rothay. Para dar continuidade a esta aposta, eles precisavam de uma mulher. Alguém que pudesse dizer qual dos dois seria o melhor amante. 

Partindo desta premissa, encontrei uma história que me cativou. Foi interessante assistir ao nascimento do romance, à quebra das barreiras que condicionavam o comportamento de Lady Caroline. Contudo, desagradou-me a perfeição física que a escritora atribuiu a todas as suas personagens. Há algum exagero da escritora na descrição da componente física e da valorização da beleza física. Acho que começo a ficar com pouca paciência para este tipo de livros.

Em suma, tudo se desenvolve de forma bastante previsível. Não há nada que se destaque, nem nenhum acontecimento que torne a narrativa surpreendente. É um livro que se lê bem, com descrições pormenorizadas que conferem um tom realista à narrativa, mas não surpreende. Quero ler mais obras da autora e perceber se mantém algum padrão na escrita das suas histórias. 

Classificação

Opinião | "Curar as energias negativas" de Anne Jones

Untitled design (15).jpg

Este ano tem lido mais livros de não ficção. Têm sido a minha companhia nas viagens porque não exigem uma leitura muito regular. Não fico refém de uma história, de uma sequência de acontecimentos que precisam de ser memorizados para que a leitura continue a fazer sentido. Nos livros de não ficção, eu leio conteúdo que me fica na memória por aprendizagem e assimilação imediata do conteúdo.

Curar as energias negativas despertou a minha atenção. Eu não sei muito bem se acredite em energias negativas. Aquilo que sei é que quando estou rodeada de pessoas com más intenções, que manifestam inveja de forma direta ou dissimulada, que me deixam sinais de que ficam felizes com a minha desgraçada fico esgotada, com um tristeza inexplicável e são pessoas com as quais, na generalidade, tenho muita dificuldade em estabelecer um vínculo afetivo significativo. Foram estes aspetos que me motivaram a ler este livro. Estava à espera de algum mais profundo e que explorasse mais este tipo de relações interpessoais.

Neste livro, cruzei-me com informação engraçada mas com um lado perigoso que me preocupou. Muitas pessoas, quando passam por um período de fragilidade emocional e psicológica recorrem, muitas vezes a este tipo de livros. Infelizmente, optam por se debruçar nestes livros em vez de procurar ajuda de um profissional. Por vezes, senti que o livro queria apresentar uma solução para todos os problemas da vida que condicionam a saúde psicológica individual. Infelizmente, não existem curas milagrosas. O problema é real e a intervenção de um profissional pode ser fundamental.

Um aspeto curioso foi que, ao longo da leitura, foram alguns os momentos em que dei por mim a rir. Era o meu lado racional a balizar a experiência de leitura e o facto de achar que algumas daquelas coisas não faziam grande sentido no contexto de vida real. 

Não sei a quem poderá interessar estes livro. Acho que é uma temática demasiado específica. É um livro que poderá ser lido por alguém com sentido crítico e que tenha consciência que o livro não trará respostas para problemas de saúde psicológica que possam ter. É importante que seja lido com responsabilidade e com a plena consciência de que não são aquelas as respostas para curar aspetos da saúde mental.

Classificação

Mais sobre mim

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reading Challenge

2023 Reading Challenge

2023 Reading Challenge
Silvana (Por detrás das Palavras) has read 0 books toward her goal of 30 books.
hide

Palavra do momento

Por detrás das Palavras

O Clube Mefisto

goodreads.com

Mais visitados

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub