Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

Mestre do Crime | Favoritos do primeiro nível

12.06.20

Mestre do crime.jpgHá umas semanas questionei o grupo que aderiu a este desafio com objetivos de: 1) perceber em que nível iam e 2) conhecer os favoritos do primeiro nível. 

Dos participantes que me responderam resultaram os seguintes livros favoritos:

  • "Verity" de Colleen Hoover
  • "A menina do papá" de Mary Higgins Clark
  • "A paciente silenciosa" de Alex Michaelides

Sem Título.jpg

Conhecem os livros? O que têm a dizer sobre eles?

A categoria obrigatória do nível 2 é ler um livro de mistério/thriller/policial que seja escrito por um escritor português. Têm alguma sugestão?

Opinião | "Desaparecido" de Susan Lewis

10.02.20

6412926.jpg

Classificação: 3/5 Estrelas

"Desaparecido" foi uma escolha cega na biblioteca. Encaixa-se na categoria de livros que não conheço e quando os vejo na biblioteca gritam "leva-me"! Eu gosto de respeitar os pedidos dos livros, este gritou e eu trouxe-o. 

Foi uma leitura extremamente difícil. Só melhorou no último terço do livro. Foi difícil porque tem demasiada informação e apresenta aspetos que não são atrativos. Desesperei por avançar, desesperei por encontrar no livro algo que me agarrasse e conquistasse a atenção, sofri pela forma como a minha leitura avançava de forma dolorosamente lenta. A pergunta que devem estar a fazer neste momento é Porque é que continuaste a leitura?. Porque tinha esperança de que algo melhorasse e havia uns resquícios de interesse por ver como é que aquela embrulhada toda iria terminar. 

No último terço do livro, a ação desenvolveu-se mais rapidamente e  o meu interesse foi finalmente conquistado. Foi por tudo aquilo que aconteceu nestas últimas páginas que consegui dar 3 estrelas ao livro. 
Apesar deste meu relacionamento conturbado, achei extremamente interessante a temática que o livro aborda. Temos uma família que há 16 anos ficou mais pequena. O filho de poucos anos de idade foi raptado, isto enquanto a mãe vive uma outra gravidez. O impacto que este acontecimento tem no sistema familiar é enorme e o livro aborda bem essas questões. Contudo, há acontecimentos secundários que se diluem ao longo das páginas e não deixam que esta família e as crises que é obrigada a enfrentar tenham o destaque merecido. 

Engraçado é que ainda chorei no fim. Há uma cena que envolve a filha desta família que foi extremamente comovente. O sofrimento da adolescente foi muito bem retratado através dos comportamentos que eram apresentados. 

Fiquei mesmo triste pelo facto da ação do livro não se focar mais nestas dinâmicas familiares marcadas pela tragédia. Fiquei frustrada por ter de ler imensas páginas sobre assuntos que pouco contribuíram para o cerne da história. Senti-me aborrecida pelo facto da leitura se ter tornando mais penosa do que aquilo que merecia. 

Já vi que a biblioteca tem mais livros desta escritora. Ainda lhe darei uma nova oportunidade no sentido de perceber se foi apenas esta história que não funcionou comigo ou se eu é que não me encaixo no estilo de escrita da escritora.