Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

25
Mar15

Top M & S | Os primeiros rituais do dia


Para este mês eu e a Marta decidimos debruçar-nos sobre as nossas manhãs. Vamos passar à frente as questões de higiene e vamos focar-nos nas coisas que fazemos logo ao início da manhã. 
Espero que gostem.

No meu caso depende dos dias, mas geralmente há certas coisas que não dispenso fazer logo de manhã.

1. Ligar o telemóvel
Eu durmo com o telemóvel desligado. É uma forma de poupar bateria, e não me faz muita diferença, porque se ele estivesse ligado havia 99% de certezas que eu não acordaria uma vez que tenho o sono muito pesado. 

2. Comer
Não consigo sair de casa sem comer. O pequeno-almoço é a refeição que mais gosto e a que me faz mais falta.

3. Acerta o despertador para o dia seguinte
Como nem sempre me levanto à mesma hora, e por vezes à noite o sono é tanto, mal paro o despertado do dia, vou logo programá-lo para o dia seguinte caso necessite de acordar a uma hora diferente.

4. Consultar o e-mail
Mais uma das primeiras coisas que faço logo de manhã para saber se há alguma coisa importante. Se não houver nada de importante nem me preocupo e sigo com a minha vida.

5. Preparar as coisas para usar durante o dia
Depois da minha higiene e da minha alimentação gosto de organizar aquilo que tenho para fazer durante o dia. Obriga-me a estruturar as actividades, a eliminar tempos mortos e reduzir a minha ansiedade nos dias em que me sinto mais inútil.
25
Fev15

Top M & S | O que odiamos quando andamos de transportes públicos


Em Fevereiro, o Top M & S é dedicado aos transportes públicos.
Eu sou uma frequentadora assídua destes meios de transporte. Apesar de ter carta de condução e de conduzir, sempre que posso andar de transportes ando. É também um facto: eu não gosto de conduzir.

Quando o passageiro da frente baixa o banco
Ainda no domingo vivi esta situação. A pessoa que estava à minha frente baixou completamente o banco e eu vinha apertadinha no meu lugar. E muitas vezes nem estava deitada nos bancos. Eu raramente o faço, mas quando o faço, certifico-me que não estou a incomodar o passageiro que segue atrás de mim.

Pessoas a ouvir música com o volume muito alto
Existem pessoas que mesmo com os phones têm a música tão alta que somos obrigados a ouvir. Pior ainda é quando temos que ouvir várias pessoas, com diferentes músicas, mais a música da rádio que passa no autocarro. 

Pessoas que metem conversa
Eu sou uma mártir no que toca a este aspecto. É frequente as pessoas meterem conversa comigo, sem que eu lhes tenha dito o que quer que seja. Quando as viagens são curtas, não me incomoda, mas já cheguei a fazer viagens de cerca de 200 km com pessoas que não se calavam.

Pessoas que reclamam pelo número do lugar quando não há lugares marcados
Nas viagens mais longas que faço, os bilhetes trazem um número, mas eles avisam que as pessoas se podem sentar onde quiserem. Porém, há aquelas pessoas mais complicadas que são capazes de nos obrigar a sair do lugar e a procurar outro. Mesmo depois de lhe dizermos que não há lugares marcados ou que o nosso próprio lugar está ocupado. Às vezes é difícil manter a paciência e a educação.

Pessoas que falam ao telemóvel muito alto
É frequente as pessoas aproveitarem a viagem para falar ao telemóvel. Até aqui, tudo normal. A questão é que muitas vezes estão a falar ao telemóvel como se não houvesse mais ninguém à sua volta. Falam demasiado alto, e toda a gente fica a saber de coisas desnecessárias acerca da vida das pessoas.


25
Jan15

Top M & S | O que odiamos quando vamos às compras


Para este mês, eu e a Marta do blog I only have decidimos que queríamos dedicar este Top às compras.
Pessoalmente não gosto muito de ir às compras, mas é preciso ir porque muitas coisas não vêm ter a casa. 
Aqui fica o meu top 5.

Confusão
Muita gente na mesma loja/supermercado é sinal de confusão ao limite. Pessoas a "atropelarem-se" com os carrinhos, pessoas que param no meio dos corredores para falar e impedem a passagem. Isto dá-me volta aos nervos.

Quando não tem o meu número nas lojas de calçado
O meu pé não é propriamente muito grande, o que se traduz, algumas vezes em dificuldades em encontrar modelos que eu gosto no meu número. Aborrece-me imenso, porque me obriga a escolher outra coisa e eu sou de ideias fixas, quando vejo alguma coisa e gosto e preciso dela, fico presa e tenho dificuldade em encontrar alguma outra coisa que goste.

Embalagens abertas
Odeio quando vou ao supermercado e vejo que as pessoas decidiram abrir as embalagens. Ou para ver o que têm dentro, ou mesmo para consumirem. Acho isto uma terrível falta de respeito.

Empregadas Chatas 
Odeio quando estou numa loja de roupa/calçado e tenho a empregada sempre em cima de mim a perguntar se eu quero ajuda. Eu quando precisar de alguma coisa, falo com ela, não preciso que ela ande constantemente atrás de mim a perguntar. 

Quando ocupam o meu lugar no estacionamento
Eu não gosto muito de conduzir e estacionar, para mim, é às vezes uma grande dor de cabeça. É horrível quando encontro um parque de estacionamento vazio e alguém com mais destreza do que eu o ocupa. Fico muito zangada.  
25
Dez14

Top M & S - Presentes Indesejados


Quando este post for publicado será dia de Natal. Como é óbvio ele ficará agendado, por nessa altura não estarei por aqui. 
Para este mês eu e a Marta decidimos eleger 5 presentes que não gostaríamos de receber no sapatinho (depois logo vos direi se algum deles vier para ao meu).

Nota: Não é um top muito fácil para mim, porque eu não sou assim tão difícil de agradar. Uma simples coisinha eu fico sempre contente, porque para mim é a intenção com que as pessoas oferecem. Se nos oferecem algo é porque se lembraram de nós.

Aqui fica a minha lista:

Bilhetes para o circo

Eu odeio circo e sei que é muito comum nesta altura do ano haverem espectáculos de circo por todos os lados. Pessoalmente, não aprecio e por isso era algo que não gostaria de receber.


CDs de música

Normalmente eu nunca consigo encontrar um CD de algum cantor ou grupo que reúna todas as músicas que gosto. Por isso é inútil as pessoas estarem a comprar um CD mesmo que seja de algum cantor/grupo que eu gosto.  

Utensílios Domésticos
Eu não tenho casa própria, por isso quando recebo algo dentro deste género sou "convidada" a guardar para o futuro. O problema é que quando esse futuro chegar tudo isto estará desactualizado. 

Mon Chérri
É dos pouco chocolates que não gosto. Bem, estes odeio mesmo, assim como todos os chocolates que contenham algum tipo de licor ou algo com base em bebidas alcoólicas.  


Garras com bebidas alcoólicas 

Eu não bebo bebidas alcoólicas. Nada de nada!!Por isso, para mim seria uma péssima prenda porque não teria qualquer tipo de utilidade.  
25
Nov14

Top M & S - Músicas Populares/Pimba que não resistimos


Dia 25 é sinónimo de top M & S e deste vez que top. Depois de muito brainstorming sobre a temática para este mês, eis que surge o tema músicas populares/ pimba... Podemos não gostar muito, mas elas ficam-nos no ouvido de tal forma que, de vez enquanto, lá as vamos ouvir. 

Esperamos que gostem.

1. Bailando - Enrique Iglesias ft. Mickael Carreira

2. Canção do Beijinho - Herman José


3. Comunhão de bens -  Ágata (cover Big Band Rags - Tauc)

Esta música em particular gosto é desta versão. Ficou muito agradável ao ouvido.

4. After All There Was Another  - David Fonseca 


Para quem não estiver a reconhecer, está é uma versão da música Afinal havia outra da Mónica Sintra.

5. Trocas e baldrocas - Cândida Branca Flor

6. Rios de Amor - Victor & Leo

Esta está aqui por conta de uma novela.

7. Insónia - Quim Barreiros


Eram das noites mais animadas na Queima das Fitas em Coimbra (saudades ^_^)

8. Meu coração fez bum bum - Emanuel


9. O popó da namorada - Augusto Canário


10. Se me vais deixar - Tony Carreira




Não se esqueçam de ir ver as escolhas da Marta (aqui). 


Caso tenham uma ideia de um Top 5 ou 10 que querem ver respondido por mim e pela Marta, deixem as vossas sugestões nos comentários.
25
Out14

Top M & S - Coisas que gostava de saber fazer


Chegou mais um dia 25 e com ele mais um TOP M & S. Para este mês, o tema escolhido por mim e pela Marta do blog I only have foi coisas que não sabemos fazer e que gostávamos de saber fazer. 
Mais uma vez, vamos optar por colocar 10 coisas.

1. Nadar

Eu tenho um desgosto imenso por não saber nadar. Já em adulta me tentaram ensinar, mas tenho medo e as coisas correm mal. É das coisas que tenho mais pena de não saber fazer.

2. Xadrez

Eu gosto imenso deste tipo de jogos de tabuleiro. Sei jogar damas e dominó, mas xadrez nunca aprendi, mas nunca é tarde...

3. Tricot

Eu gosto bastante de trabalhos manuais. Sei fazer ponto-cruz, sei (mais ou menos) fazer croché, mas não consigo fazer tricot. Já experimentei, mas não me corre muito bem, Ainda irei voltar a tentar.

4. Maquilhagem
Sim, sou rapariga, mas não sei nada sobre maquilhagem. 

5. Dançar
Está mais do que comprovado que tenho dois pés esquerdos. Adorava saber dançar danças de salão, mas sou tão descoordenada que acho que não chegava lá. 
25
Set14

Top M & S - Recordações de Infância e/ou Adolescência



Aqui o mais recente projecto que eu e a Marta do blog I only have arquitectamos. A ideia inicial foi da Marta e que depois me lançou o convite e eu aceitei.

Em que é que consiste este pequeno projecto? Bem, o que é pretendido é fazer um Top 10 ou Top 5 de um determinado tema. Consoante o tema que seja escolhido logo decidimos se fazemos 10 ou 5 escolhas. Será uma rubrica mensal e irá no dia 25 de cada mês.

Para iniciarmos o projecto escolhemos como tema Recordações de infância e/ou adolescência. Ficou acordado que seria um Top 10 porque temos muito por onde escolher. 

Caso queiram dar ideias para futuros tops, tanto eu como a Marta estamos receptivas a sugestões dos nossos leitores. Esperamos que gostem!!!

Top 10 - Recordações de infância e /ou adolescência

Anita

Os livros da Anita são das melhores recordações de infância que tenho. Infelizmente só tenho dois livros na minha estante e foram um presente que recebi há quase 20 anos. Os livros foram-me oferecidos quando fiz 7 anos e ainda fazem parte da minha estante. Quem sabe se um dia tiver uma filha não me dedica a completar a colecção.

Tamagotchi


Estes foram sem dúvida uma verdadeira febre durante a minha infância. Já não me lembro como era o meu, nem o tenho cá por casa, mas era algo que preenchia os nossos dias, porque era preciso tomar conta deles.

Walkman

MP3, iPod??? O que era isso? Pois na minha infância/adolescência esta era a nossa forma de ouvir música. O da imagem era para cassetes e mais tarde surgiu um para CDs. Eu só tive mesmo um de cassetes.

Navegantes da Lua

Eu era uma enorme consumidora de desenhos animados. As Navegantes da Lua são um entre muitos dos desenhos animados que preenchiam as manhãs de sábado e domingo. 

Casper
O Casper marca o meu início com a leitura de Banda Desenhada. Ofereceram-me dois livro que eu gostei muito e que ainda hoje fazem parte da minha estante. Curiosamente, nunca mais li banda desenhada. 

Póvoa do Varzim

Todas as minhas memórias de infância e adolescência estão centradas na Póvoa do Varzim. Um aspecto curioso, é que foi nesta cidade que fiquei a saber que tinha entrado na Universidade.

Spice Girls

Ainda hoje gosto de ouvir Spice Girls!! São uma marca no mundo da música mundial e marcaram toda uma geração.

Nokia 3310

Este era o telemóvel que povoada os recreios das escolas em finais da década de 90 inícios do novo milénio. Não foi o meu primeiro telemóvel... Aliás eu só tive telemóvel aos 17 anos, muito depois deste telemóvel ter chegado ao mundo. Porém sempre que vejo imagens dele sou transportada para essa época, porque era frequente eu jogar o famoso jogo da cobra no telemóvel das minhas colegas da escola.

Camélias

Uma das minhas flores preferias!! Traz-me boas recordações de infância e adolescência porque foi debaixo da sua árvore que brinquei muitas vezes ou onde me senti muitas vezes à sombra. Ainda existe esta árvore aqui é enorme e linda e preenche muitas das minhas memórias.

Série Uma aventura


Esta é a colecção de livros da minha pré-adolescência. Li alguns e sempre que os vejo trazem-me boas lembranças dos momentos passados a ler.