Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

Top Five | Eurovision 2019

15.04.19

Já estava na altura de vos trazer mais uma lista de favoritos. Desta vez vou deixar os livros um pouco de lado e vou virar-me para a música. 
Não sei se desse lado há fãs da Eurovisão, pois desta lado têm uma grande fã.
Este ano comecei a ouvir as músicas um pouco mais tarde. O ano passado, por esta altura, já tinha bem presente quais seriam as músicas dos diferentes países.
Já ouvi algumas vezes as músicas deste ano e por isso quero apresentar-vos as cinco músicas que gosto mais. Desta vez serão apresentadas por ordem crescente de preferência.
Não foi uma escola fácil, porque tenho alguma dificuldade em eleger apenas 5 preferidas.

5. La venda (Espanha)

Este ano a Espanha traz-nos uma música divertida, cheia de energia e que fica no ouvido. Adorei a música do ano passado, porém a deste ano também vai de encontro aos meus gostos.

4. Better Love (Grécia)

Esta música lembra-me a banda Florence and the Machine (que tem algumas músicas que eu gosto). Gostei muito do vídeo da música e estou com muita curiosidade por ver como soa esta música ao vivo.

3. Solti (Itália)

Primeiro estranhei esta música, ouvi-a a primeira vez e não ficou nem me apaixonou. Fui ouvindo outras vezes e, aos poucos, comecei a gostar. Tem uma sonoridade muito própria, também gosto da ler e, tal como a anterior, estou curiosa por ouvi-la ao vivo.

2. Love is forever (Dinamarca)

Esta música é muito querida e a Leonora tem um voz doce que se adapta perfeitamente à música. Sei que não é uma música muito original e que não irá conquistar muita gente. Porém, eu gostei imenso de todo o conjunto e espero mesmo que ela resista e passe à final.

1. She got me (Suíça)

Esta é a minha música preferida deste ano. É simplesmente viciante. Um ritmo latino que se entranha na pele e nos faz bater o pé. Não consigo enjoar da música apesar de a ouvir imensas vezes. Tem uma intensidade especial e gostava que ela ganhasse ou, pelo menos, que ficasse num bom lugar. 

Devem estar a questionar-se sobre o que acho da música portuguesa. Reconheço-lhe a inovação sonora (que eu até gosto) e uma letra que olhada à lupa tem um significado próprio. Porém não se encaixa nos meus gostos musicais. 

2 comentários

Comentar post