Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por detrás das palavras

Por detrás das palavras

Top Ten Tuesday #63 | Livros que deveriam ser adaptados a séries/filmes na Netflix

18.08.20

top-ten-tuesday.png

O último Top Ten Tuesday que fiz foi em janeiro de 2017. Passei pelo site para ver a categoria para o dia de hoje, porque me apeteceu ressuscitar esta rubrica. Gostei da temática e decidi fazer.

Mil sóis resplandecentes de Khaled Hosseini 
Este foi o primeiro livro de que li de Khaled Hosseini. Apaixonei-me pela história de Laila e Mariam. Um olhar sobre a mulher numa parte do mundo onde não existe respeito pelo papel da mulher. Há passagens muito duras de ler, momentos que levam as lágrimas, mas a história fica-nos gravada na alma. 

Raparigas como nós de Helena Magalhães
A leitura deste livro não me encheu as medidas, contudo depois de alguns ajustes na narrativa de forma a corrigir incongruências e aspetos menos bem conseguidos, penso que daria uma série juvenil engraçada e capaz de prender a atenção dos adolescentes.

Perguntem a Sarah Gross de João Pinto Coelho
Eu gostei muito deste livro, uma verdadeira pérola nacional. É um romance histórico, cheio de preciosidades que demonstram o investimento do escritor na pesquisa. O romance acontece em dois tempos: em finais dos anos 60 e no período que antes e durante a Segunda Guerra Mundial. O livro é rico em acontecimentos que encheriam as telas de emoção. A vida de Sarah, as suas lutas e o desfecho desta história iriam apaixonar os telespetadores.

Até que sejas minha de SamanthaHayes
Este thriller é viciante. Há uma articulação muito interessantes entre os acontecimentos e as personagens que os narram. Seria um desafio transformar este livro numa série (acho que seria mais interessante do que um filme, porque permitiria dedicar um episódio a cada uma das personagens), mas acredito que o resultado final seria bem interessante.

Verity de Colleen Hoover
Este livro tem agitado os leitores e os fãs de Colleen Hoover. Um livro que foge ao padrão narrativo da escritora. O livro é bastante gráfico. As descrições e os acontecimentos são apresentados de forma muito visual, sendo fácil criar imagens mentais dos mesmos. Por isso, acredito que um filme baseado neste livro seria um sucesso de bilheteira. No fim, iriam ficar todos a remoer aquele final aberto.

1.jpg

Devo-te a felicidade de Sophie Kinsella
Este livro daria uma comédia romântica muito divertida. Apesar da história ser descontraída acaba por ter mensagens muito interessantes sobre o amor, a amizade e a forma como colocamos as nossa generosidade a favor dos outros. A Fixie é uma rapariga engraçada e Sebastien um rapaz cheio de energia positiva. Na minha opinião, daria um bonito filme.

O ano da dançarina de Carla M. Soares
Este livro retrata o impacto da Gripe Espanhola em Portugal e dá-nos a conhecer uma série de personagens femininas lutadoras, inteligentes e independentes. No fundo, reúne um conjunto de elementos que ofereceriam um filme bem interessante.

A imperatriz Romanov de C. W. Gorter
Os últimos membros da família Romanov marcam um período da História da Rússia. Acredito que o seu desaparecimento tem ainda muito por explicar. Neste livro acompanhamos a história daquela que foi a mãe do último czar da Rússia. O livro está muito bem escrito e oferece uma boa perspetiva histórica. Uma série baseada nos acontecimentos narrados neste livro seriam bem interessantes.

A Sereia de Brighton de Dorothy Koomson
Qualquer livro da Dorothy Koomson daria um bom filme. Escolhi este por ser um dos últimos livros que li e porque o mistério que envolve a história funcionaria muito bem num filme. 

Rosas de Leila Meacham
Este livro é das melhores sagas familiares que já li. A história apresenta-nos três famílias que se cruzam ao longo do tempo. Dada a complexidade da história e dos acontecimentos, uma série seria a escolha mais adequada para fazer a adaptação. O livro é apaixonante, por isso, se conseguissem uma reprodução fiel, acredito que teríamos uma série épica. 

1.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.